Notícias da categroia

Concessionárias

Telefónica, Oi e Algar Telecom. O universo das carries

Crédito: Freepik

Trata-se do quarto processo de arbitragem aprovado pela agência em função de controvérsias na concessão do STFC. Os outros se referem a Telefônica, Claro e Oi

Análise dos técnicos aponta que o Regulamento de Concessão autoriza a venda parcial de empresas coligadas ao grupo econômico responsável pela concessão, ainda que estas empresas tenham ativos utilizados na concessão.

Presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, diz que trabalho de consultorias contratadas pela UIT está caminhando e defende que Anatel e mercado cheguem a um “preço justo” para a adaptação das concessões, de modo que exista uma “ganha ganha” entre todos os stakeholders.

Copel Telecom e Sercomtel vão cobrir 100% de Londrina e outras 13 cidades com fibra óptica Foto: Devanir Parra

Chega ao fim novela da caducidade e retomada das outorgas da Sercomtel. Empresa enfrentava problemas financeiros e foi comprada em 2020 por Nelson Tanure. Decisão preserva ativos e funcionamento do grupo como está, nas mãos do comprador.

Copel Telecom e Sercomtel vão cobrir 100% de Londrina e outras 13 cidades com fibra óptica Foto: Devanir Parra

Concessionária listou eventos que teriam comprometido o equilíbrio econômico-financeiro do contrato já descartados pela agência em processos anteriores

Vivo terá de melhorar rede própria no Norte e Nordeste até 2025

Mudanças afetam metas de cobertura com backbone óptico de Algar, Oi, Sercomtel e Telefônica. Embora saldo do PGMU V fique inalterado, cai o número de cidades e a quantidade de fibra óptica que deverá ser implantada pelas empresas.

Receita

Presidente da companhia, Rodrigou Abreu, prevê que em três anos a telefonia fixa vai “quase desaparecer” e que a Nova Oi trabalha forte na redução de custos para voltar a faturar R$ 15,5 bilhões.

Adriana da Costa Cunha, Diretora de Assuntos Regulatórios da Oi - Foto: Divulgação

Caso contrário, avalia representante da empresa, seria trocar uma concessão insustentável por uma autorização insustentável

Nos primeiros seis meses deste ano foram furtados 2,3 milhões de metros de cabos de telecomunicações

Crédito: Freepik

CEO da operadora, Rodrigo Abreu, disse que assinatura do termo de arbitragem com a Anatel acontece entre hoje e amanhã, 13. E que decisão a respeito da migração da concessão para regime privado será tomada até final de 2022.