Notícias da categroia

Balanço

O resultado operacional divulgado por empresas de capital aberto do setor de telecomunicações e TICs

Operadora realizou transferência para empresa do grupo como adiantamento para aumento futuro de capital, ampliou o Capex, conforme previsto no plano estratégico, e recebeu valores referentes à venda de imóveis em ES e GO.

O resultado negativo é melhor que as perdas de R$ 5,74 bilhões obtidas no mesmo trimestre de 2019. Segundo a empresa, o prejuízo é resultado do alto nível de investimento em fibra óptica, projetado no plano de recuperação. A fibra saltou de 4% para 24% das receitas residenciais em um ano e já compensa a perda de receita do cobre.

Para o próximo trimestre fiscal, que termina em janeiro, a previsão é de receita estável ou 2% menor 

Operadora registrou aumento das despesas por conta do crescimento das vendas de planos de banda larga fixa em novos mercados

Luigi Gubitosi afirmou que não há previsão de concorrência, uma vez que a Highline desistiu. Ele estimou que a TIM Brasil vai crescer por volta de 5% ao ano, pelos próximos dois anos.

Designed by Freepik

A empresa estima que sejam vendidos 450 milhões e 550 milhões de aparelhos portáteis em 2021. Para 2020, a previsão é de números entre 175 milhões e 220 milhões.

O lucro líquido da companhia caiu 30,56%, a R$ 390 milhões. O Capex do período foi de R$ 850 milhões, uma redução de 8% sobre o realizado no terceiro trimestre de 2019.

O aumento das vendas de serviços compensaram a queda das receitas com aparelhos

Designed by Bedneyimages / Freepik

CEO recém empossado anunciou mudanças significativas no modelo de negócio e avisa que a companhia vai investir mais em tecnologias 5G abertas e virtualizáveis.

Os números foram impactados pela pandemia de Covid-19, pela desvalorização do real e outras moedas na América Latina, e por baixa contábil na Argentina.