Notícias da categroia

Entrevistas

A opinião de especialistas e profissionais de peso no mercado de telecomunicações, tecnologia e também em regulamentação. Em formato ping-pong

Johnny Brito

A chinesa Comba Telecom desenvolve antenas de baixo impacto visual e aguarda regulamentação de small cells para bater o martelo quanto a nacionalizar a produção. 

A arrancada se deu com o novo modelo adotado pela financiadora, sob comando de Glauco Arbix. O principal programa, Inova Empresa, lançado em março deste ano, já acumulou uma demanda de R$ 54 bilhões.

Para a Cisco, a internet de todas as coisas, vai “desenterrar” um tesouro que está por traz de ineficiências do mercado, das empresas e na logística.

Ruy Pinto fala sobre a Insmarsat

A Inmarsat vê grandes oportunidades de avançar em negócios de conexão em terra, especialmente com soluções máquina à máquina (MSM) e em smartphones, com investimentos na Banda-Ka e aplicações. Com essas duas estratégias, tem trabalhado para reforçar sua posição nos BRICs, onde prevê maior crescimento, informa Ruy Pinto, CTO da Inmarsat

virgilio almeida

A nova política de Certificação de software nacional – que não exclui as empresas multinacionais – irá privilegiar a competência brasileira. Os softwares  com a Certics poderão disputar as compras públicas com preços mais caros e ganhar a licitação, assinala o secretário de Políticas de Informática do MCTI, Virgilio Almeida.

quiroga

A aposta da Ericsson para a evolução da tecnologia de celular – a LTE- é ousada. Em menos de 10 anos, a fabricante acredita que esta tecnologia será capaz de substituir a fibra óptica e sustentar a transmissão de vídeo na casa das pessoas. Seu presidente para a América Latina & Caribe, Sergio Quiroga, faz esta previsão mesmo sabendo que em 2020, para cada pacote de voz que estiver nas redes de telecom, haverá nove de dados e 90 de vídeo.

paulobernardo 03

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, não vê o ingresso do português Zeinal Bava na Oi como um indício de desnacionalização da operadora brasileira, como avalia o mercado. Para ele, um plano de captação que dê mais recursos para a operadora é bem-vindo. Ressalta que o BNDESpar e os fundos de pensão das estatais vão continuar no controle.

A Furukawa está preparada para participar ativamente do esforço para ampliação da infraestrutura de telecomunicações no país. Convencida de que o mercado interno é o principal ativo de um país, a empresa  defende a política brasileira de preferência à tecnologia nacional e produção local. E, segundo o vice-presidente mundial do grupo e presidente no Brasil, Foad Shaikhzadeh, vai desenvolver aqui soluções para dois novos mercados: o de TV paga e o de smart grid. “ O cabo coaxial vai ser substituído por fibra”, aposta.

Política industrial de Telecom em debate. Veja fotos:              

Rogerio Tim-Fiber1

A TIM Fiber avança em sua oferta de internet banda larga, se aproveitando da rede de fibra óptica instalada nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro

A Copel Telecom decidiu potencializar o uso de sua rede de fibra óptica, que chega aos 399 municípios do Paraná.

telesintese 2012 173

Padtec prepara avanço em cabos submarinos enquanto desenha plano de internacionalização, com direito a financiamento do BNDES e planos de IPO em dois anos. Confira entrevista com o presidente Jorge Salomão.

 

O Secretário de Radiocomunicação do MiniCom, Genildo Lins, está otimista com os resultados do estudo sobre a faixa de 700 MHz, em fase de conclusão. Segundo ele, tudo indica que o desligamento dos sinais analógicos de TV, para o ingresso da banda larga móvel, como já decidiu o governo, será necessário em apenas cerca de 400 municípios brasileiros.


Gartner, da Cisco, fala sobe investimento em redes ópticas

A companhia tem feito aquisições para ampliar seu portfólio de produtos a nível global e investe em capacidades de rede e softwares para extrair inteligência das redes ópticas

Divino comenta impacto do PGMC para Algar Telecom

A CTBC está vivendo um momento importante para seu negócio de telecomunicações. Acaba de emitir debentures, com uma procura 60% maior do que o esperado, e será uma das beneficiadas do modelo de regulação assimétrico das telecomunicações no Brasil, inaugurado com o Plano Geral de Metas de Competição (PGMC), aprovado pela Anatel. Em entrevista exclusiva ao TeleSíntese, o diretor-presidente do grupo, Divino Sebastião de Souza, comenta as mudanças e as expectativas para 2013.

Na primeira etapa, a operadora vai conectar um WiFi público aos equipamentos instalados nas casas de seus 400 mil assinantes de TV por assinatura. A rede será complementada com hot spots públicos e cobertura indoor. Segundo Ricardo Sanfelice, o MVNO da GVT ainda vai demorar.

Manoel Rangel

O diretor-presidente da Ancine fala ao Tele.Síntese sobre a implantação da política de cotas, punição e dispensa e como a agência vai trabalhar para garantir a aplicação da lei 12.485.

 

Fabio Hashimoto Promon LogicalisNo momento de impasse na votação do Marco Civil da Internet, que define a neutralidade como um princípio da internet mas também estabelece um limite técnico para o gerenciamento das redes de telecomunicações,  Fábio Hashimoto, gerente de tecnologia para soluções de gerência de redes e sistemas da PromonLogicalis, fala aqui sobre os diferentes modelos de negócios que estão surgindo em todo o mundo, com o gerenciamento das redes de telecomunicações.

A Claro promete muitas novidades no próximo ano, entre elas, o lançamento de sua rede WiFi, pelo menos em três grandes capitais brasileiras. Mas, antes disso, alerta seu presidente, Carlos Zenteno, precisa estar com a rede 4G pronta para atender aos grandes eventos. Para ajustar a nova tecnologia LTE, as operadoras precisam fazer os testes, mas enfrentam o problema de as frequências ainda estarem ocupadas pela TV MMDS.

Eduardo Araújo

Eduardo Araujo, presidente para a América Latina da Nokia Siemens Networks, esteve no Brasil para inauguração da linha de produção de equipamentos de rede em Sorocaba (SP) e disse que a expectativa da empresa é ganhar 35% do mercado nacional da quarta geração do celular.