Notícias da categroia

plantão 2007


Sem surpresas, a Oi adquiriu a banda I, de 20 MHz, em disputa com a Nextel. A operadora pagou R$ 144,410 milhões pela freqüência, o que significa ágio de 60% frente ao valor mínimo proposto pela Anatel para a banda, que era de R$ 85,980 milhões.

As aprovações de financiamentos do BNDES na área de infra-estrutura atingiram o nível recorde de R$ 35 bilhões em 2007. Os recursos vão alavancar investimentos de R$ 52 bilhões nos setores de energia elétrica, gás e petróleo, logística e telecomunicações. Os financiamentos a projetos de infra-estrutura aprovados pelo Banco neste ano cresceram 128% em relação …

Ao preço de R$ 137,4 milhões a TIM Celular, ficou com a banda G, de 20 MHz, referente ao interior do estado de São Paulo (SP) e cinco estados do Nordeste (NE). Este valor representa 59,9% de ágio sobre o preço mínimo exigido pela Anatel, que era de R$ 85,980 milhões. Na disputa, a Oi …

Com a oferta de apenas três empresas e dois repiques, a Claro comprou, com 35,3% de ágio sobre o preço mínimo de R$ 128,970 milhões, a freqüência de 30 MHz da banda F, sobre o interior de São Paulo e cinco estados do Nordeste (NE). Ela pagou R$ 174,550 milhões pela banda. (Da Redação)

A venda das freqüências de terceira geração da telefonia móvel (3G) para a região metropolitana de São Paulo e os estados do Amazonas, Amapá, Pará, Maranhão e Roraima, na região Norte do país, renderam R$ 759,3 milhões no total. O ágio médio nas aquisições foi de 52,9%. A Anatel esperava arrecadar com estes lotes, de …

Com pouca disputa, apenas dois repiques, a Vivo arrematou a banda J, referente ao interior do estado de São Paulo e seis estados do Nordeste (NE): AL, PB, PE, PI, RN e CE, pelo valor de R$ 130,426 milhões, o que significa ágio de 51,7% sobre o preço mínimo proposto pela Anatel para esta banda, …

O último lote de freqüências da terceira geração da telefonia móvel (3G) para a região metropolitana de São Paulo e cinco estados da região Norte foi arrematado há pouco pela Oi, que pagou R$ 187,5 milhões pela banda I, com 20 MHz. O valor representa ágio de 67,6% sobre o preço mínimo exigido pela Anatel …

A Positivo Informática ofereceu o melhor lance, até agora, no pregão eletrônico, retomado hoje, para compra dos 150 mil laptops educacionais destinados ao MEC: R$ 98,180 milhões, equivalente a R$ 654,53 ou US$ 339 por equipamento. A empresa, contudo, ainda não venceu a licitação. O pregão está encerrado, mas o valor continua sendo considerado alto …

Depois de nova desistência da Oi e da Brasil Telecom Celular, e da já tradicional disputa entre Claro e Nextel, a primeira levou a melhor, e venceu o embate para a compra da terceira banda leiloada para a região metropolitana de São Paulo e cinco estados do Norte. A operadora pagou ágio de 59,25%, oferecendo …

A TIM, a única que aceitou disputar com a Nextel a banda F, de 30 MHz, que engloba a região metropolitana de São Paulo e cinco estados da região Norte, acabou levando esta faixa por R$ 225 milhões, com ágio de 34,13% sobre o preço mínimo exigido pela Anatel, que era de R$ 167,753 milhões. …