Notícias da categroia

Artigos do leitor

Opinião dos nossos leitores, em artigos exclusivos para o TeleSíntese

{mosimage}Hoje, duas tecnologias apontam como a próxima geração móvel de comunicação em alta velocidade: o WiMAX, que começa a se tornar umas das prioridades de investimentos, e o WiMesh, que estende o acesso sem fio à Internet para hot zones, muito além dos populares hot-spots Wi-Fi. Juan Chico, presidente da subsidiária brasileira da Nortel, aponta as vantagens e limites dessas tecnologias.

{mosimage}
No setor de telecom, a capacidade de prejudicar o cliente é exacerbada pelo fato de que uma empresa pode ser ao mesmo tempo fornecedora e concorrente de outra empresa. Por isso,  defende  Oscar Petersen, diretor jurídico da Embratel, os  incentivos para se usar o "Poder de Mercado Significativo" são ainda maiores.

{mosimage}
O dilema: reduzir custos. O desafio: aumentar a receita em um cenário extremamente competitivo e de grande similaridade de ofertas. A resposta, segundo Jorge Leonel, diretor da Promon: o exercício de inovação da oferta, recorrendo a um arsenal de ferramentas da Ciência do Marketing.

{mosimage}Não é ficção científica porque o trabalho conjunto da NEC, Panasonic, NTT DoCoMo e MontaVista Linux produziu e colocou em operação um terminal que funciona na rede 3G da NTT e como telefone VoIP móvel, através de uma rede wireless Wi-Fi, usando o protocolo SIP.

{mosimage}O AICE é o embrião de uma nova relação de consumo, seguindo a premissa de o cidadão pagar apenas pelo serviço consumido. Significa a verdadeira inclusão em uma sociedade que discrimina aquele que não tem telefone.

{mosimage}O AICE é apresentado à população como um serviço alternativo para aqueles que não podem ou conseguem sustentar um telefone fixo convencional, mas trará flagrantes prejuízos aos consumidores que pagarão mais caro pelo novo plano.

Foto: Divulgação

{mosimage}
No Brasil, com raras e honrosas exceções, quando se trata de P&D, a indústria tem visão imediatista. Com isso, perdem o país e as empresas deixam de ganhar competitividade.

{mosimage}A facilidade de instalação e a flexibilidade da tecnologia Wi-Fi permitem que a capacidade de tráfego de informação seja rapidamente aumentada em função de nova demanda. Tudo isso de forma radicalmente mais simples que em uma rede equivalente

{mosimage}O WiMAX permite diversos serviços que somente uma combinação de diversas outras tecnologias permitiriam. Não há limites para novas aplicações com uma tecnologia flexível, eficaz quanto a custo, baseada em padrão aberto e totalmente interoperável.

{mosimage}
O governo precisa assegurar que todos os prédios públicos e todas as prefeituras estejam conectados. Por Rogério Santanna