Capdeville: Marco do saneamento é oportunidade para melhorar infra de rede


A mudança do marco regulatório do saneamento básico, aprovado neste ano pelo Congresso Nacional e sancionado em julho, trará uma oportunidade para que o Brasil aperfeiçoe também sua infraestrutura de rede de telecomunicação.

Na avaliação do CTIO da TIM, Leonardo Capdeville, as redes de água e esgoto que serão construídas poderão ser feitas já integrando dutos para a passagem de fibra óptica.

PUBLICIDADE

“O marco do saneamento é uma oportunidade para a gente construir, com capilaridade, e executar a passagem de fibra óptica. A junção das infraestruturas de água, energia e telecomunicações é fundamental para sermos mais eficientes na entrega dos serviços”, disse o executivo. Ele participou de live realizada hoje, 18, pela Futurecom.

Para o executivo, o marco vai resultar na privatização de várias empresas municipais e estaduais de saneamento. Nas mãos do setor privado, essas empresa vão buscar diversificar receitas, e buscar a colaboração para construção de redes de telecom.

Neutralidade de rede

Capdeville comentou ainda sobre a necessidade de o Congresso começar a discutir a alteração do conceito de neutralidade de rede presente no Marco Civil da Internet. Pela regra atual, as operadoras são proibidas de dar tratamento diferenciado por tipo, origem ou destino ao dado que trafega em suas redes, exceto em casos de necessidade de gestão técnica da rede.

Para o executivo, o conceito de “network slicing” existente na padronização 5G é incompatível com a neutralidade. Pelo conceito, a rede pode ser “fatiada”, e suas diferentes camadas atentes a serviços específicos. Alguns desses serviços, precisarão ter assegurada a prioridade do tráfego.

“Com a 5G podemos estar diante de uma mudança. Hoje no móvel se comercializa internet por volume de dados. No fixo, por velocidade da banda larga. Mas, sem a neutralidade, poderemos ter uma matriz de ofertas variada e diferente”, falou.

Anterior TIM oferece pagamento via PIX para faturas a partir do dia 10
Próximos Coimbra é confirmado na Secretaria de Telecomunicações