Cade dá sinal verde para compra da Sygo pela Unifique


Cade libera compra da Sygo pela Unifique. Crédito: Divulgação-Tele.Stíntese
O Cade não viu qualquer problema concorrencialCrédito: divulgação

A compra da da Sygo pela Unifique recebeu o sinal verde do Cade. O  Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) entendeu que a integração vertical entre os serviços de internet banda larga e serviços de data center, não seria preocupante, uma vez que as participações de mercado em ambos os segmentos são baixas. Assim, a operação não possui o condão de fechar os mercados desses dois serviços no Rio Grande do Sul, onde a Sygo atua.

anúncio da compra da Sygo pela Unifique foi feito em março. O provedor atua em 65 cidades gaúchas desde 2007 e conta hoje com cerca de 88 mil assinantes, sendo a maioria (88%) atendida por fibra óptica. A malha de fibra ótica total possui aproximadamente 7,2 mil km. A rede backbone possui 5 mil km e atravessa 120 municípios gaúchos. O ISP foi comprado por R$ 134,5 milhões.

PUBLICIDADE

O parecer da Superintendência-Geral do Cade mostra que, apesar de não ser a atividade principal das duas empresas, a estimativa de faturamento com serviços de data centers, em conjunto, chega a R$ 4,8 bilhões. Em relação ao mercado de serviços de telefonia digital, via VoIP, as empresas informaram que apesar de não terem identificado fontes ou dados públicos atualizados sobre a dimensão total desse mercado; estimaram que, com base nos dados de 2014, o mercado total de serviços VoIP, no Brasil, totalizaria um faturamento de aproximadamente R$ 1 bilhão.

Com relação a sobreposição horizontal em 12 municípios do Rio Grande do Sul, em Cachoeira do Sul, Canoas, Gravataí, Ijuí, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santiago, São Leopoldo e Sapucaia do Sul o Cade entendeu que  não resultaria em risco concorrencial, decidindo assim pela aprovação da aquisição total do controle da Sygo.

PUBLICIDADE
Anterior Plataforma Não Me Perturbe tem 10 milhões telefones cadastrados
Próximos Aberta consulta sobre requisitos técnicos da faixa de 27,5 GHz