Cade aprova operação no mercado de e-commerce


Cartão de visita fotografia desenhado por Tirachard - Freepik.com
Freepik.com

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrição, o aumento da participação do SotfBank Latin America Fund (Fundo SBLA) no Grupo VTEX.  Multinacional de origem brasileira de tecnologia com foco em cloud commerce a VTEX, disponibilizada no mercado como software as a service (“SaaS”), com atuação global. Ou seja, é uma empresa de tecnologia especializada no desenvolvimento de plataformas para o comércio eletrônico (e-commerce). Já oF undo SBLA, planeja promover inovações tecnológicas na América Latina, investindo diretamente em players de plataformas locais.

VTEX atua em todo o território nacional e tem clientes localizados em mais de 25 países  nos seguintes negócios: B2C, B2B, omnichannel e marketplace. As soluções ofertadas pela VTEX são as seguintes:

PUBLICIDADE

Por sua vez, o  SBLA é um veículo de investimento integralmente controlado pelo SBG que opera internacionalmente em vários segmentos, de modo que o grupo detém a propriedade de empresas espalhadas por setores como telecomunicações, mídia, serviços de internet, sendo que no segmento de e-commerce o SBLA possui participação minoritária no capital social da VTEX Cayman, e apenas irá adquirir novas ações embasada no objetivo, segundo as Partes, de investir em mercados criativos e inovadores.

Para o Cade, uma vez que a Operação não resulta em concentração econômica, configurando um pequeno reforço de uma relação societária preexistente, sem alteração de controle, entende-se que a definição exata do mercado relevante pode ser deixada em aberta. Sendo assim, conclui que a operação não acarreta prejuízos ao ambiente concorrencial, razão pela qual o ato de concentração pode ser aprovado sob o rito sumário.

 

Anterior Mercado de serviços de TI cresce 4,2% no primeiro semestre de 2020
Próximos Agronegócio defende a Lei das Antenas no STF