Cade aprova compra de ativos da Huber+Suhner pela Furukawa


A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou a aprovação sem restrições da compra de ativos da empresa de origem suíça Huber+Suhner pela Furukawa. A aquisição inclui maquinário, equipamentos e matéria-prima utilizados exclusivamente na produção de cabos de fibra óptica de alta qualidade. A operação não prevê alteração societária.

Segundo a Furukawa, a Operação representa uma oportunidade para expandir sua linha de produção de cabos de fibra óptica, reforçar seu portfólio de produtos e, consequentemente, expandir sua capacidade para atender à crescente demanda de mercado. Já para a Huber+Suhner a venda representa mudança de estratégia das operações do Grupo no mercado brasileiro.

Sobre a uma possível integração vertical entre a produção de fibra óptica da Furukawa e os ativos para produção de cabos fibra óptica da Huber+Suhner, a Furukawa esclarece que sua atividade de produção é voltada majoritariamente para o uso cativo. Assim, não haveria possibilidade de fechamento de mercado como consequência da operação, mesmo porque a proporção de capacidade de produção de fibra ótica é muito pequena.

PUBLICIDADE

 

Anterior Direito de passagem já pode ser regulamentado, defende Nokia
Próximos Projetos de telecom com debêntures incentivadas chegarão a mais de R$ 1 bi em dois anos, prevê Minicom