BTG e Oi prorrogam negociação pela InfraCo para até o dia 9


A Oi e o BTG divulgaram hoje, dia 6, comunicado ao mercado informando que o acordo de exclusividade para que seja fechada a venda do controle da InfraCo – a empresa de rede de fibra óptica da concessionária – será prorrogado até o dia 09 de abril, às 10 horas. Conforme o último comunicado, a efetivação do acordo teria que ter sido firmada ontem, dia 05 de abril, o que não  ocorreu. 

 

A Oi e o BTG divulgaram hoje, dia 6, comunicado ao mercado informando que o acordo de exclusividade para que seja fechada a venda do controle da InfraCo – a empresa de rede de fibra óptica da concessionária – será prorrogado até o dia 09 de abril, às 10 horas. Conforme o último comunicado, a efetivação do acordo teria que ter sido firmada ontem, dia 05 de abril, o que não  ocorreu.

PUBLICIDADE

Esta é a segunda prorrogação da negociação. O contrato deveria ter sido fechado em 6 de março, mas já havia a previsão de prorrogação por mais 30 dias, à época.

Conforme o comunicado de hoje,  garantir segurança e celeridade às tratativas em curso entre as partes e permitir que os termos e condições dos documentos e anexos relativos à oferta vinculante para aquisição parcial da UPI InfraCo (a “Oferta”) possam continuar a ser negociados.

“Caso sejam satisfatoriamente finalizadas as negociações das condições e documentos entre as partes, a Oi terá condições de garantir às Proponentes o direito de cobrir (“right to top”) outras propostas recebidas no processo competitivo de alienação parcial da UPI InfraCo” , informa a nota da concessionária.

Em 4 de fevereiro, a Oi informava ao mercado que entrava em negociações exclusivas com o Fip Economia Real, o fundo gerido pelo banco, e que poderia se tornar um stalking horse, aquele que tem preferência na aquisição, quando da realização do leilão, podendo cobrir qualquer oferta concorrente.

 

Anterior Para operadoras, RGC precisa de menos regras e mais princípios
Próximos Proteste quer continuidade do atendimento humano nos call centers das operadoras