Brisanet reverte prejuízo e lucra R$ 9,5 milhões no 1º trimestre


Brisanet contratou a Huawei no 1º trimestre para fornecer equipamentos 5G em projeto piloto. Companhia ampliou receitas no período, tíquete médio, base de clientes e teve receitas financeiras positivas em razão da variação cambial.

A operadora Brisanet reportou na noite desta quinta, 12, os resultados do 1º trimestre de 2022, em que apurou lucro de R$ 9,5 milhões. O resultado representa uma reversão em relação prejuízo apresentado pela companhia no começo de 2021, quando registrou perda de R$ 7,2 milhões.

PUBLICIDADE

O lucro veio na esteira da expansão do grupo. As receitas aumentaram 32,17% ano a ano, e atingiram R$ 216,7 milhões no trimestre inicial de 2022.

“Esse resultado é fruto da expansão geográfica orgânica da Companhia que no 1T22 entrou em 19 novas cidades, e adicionou à sua base 66 mil clientes de forma orgânica, superando mesmo as ISPs com crescimento via aquisições”, diz no relatório.

Receita por cliente

O ARPU (ticket médio) do B2C foi de R$91,41 no 1T22, um crescimento de 5% quando comparado ao do 1T21. No período foram adicionadas 641 mil HPs e 66 mil clientes. A expectativa para 2022 é que as adições cresçam de forma gradativa à medida que as cidades recém-ativadas vão ficando mais maduras e, também, pela adição de novos clientes nas 19 cidades adicionadas neste primeiro trimestre – que representam metade das novas cidades esperadas para o ano.

O aumento da receita compensou em parte o aumento dos custos da companhia, que saltou 68,91%, para R$ 137,2 milhões. As despesas administrativas caíram 3,81%, para R$ 79,8 milhões.

O resultado financeiro positivo acrescentou R$ 1,2 milhão ao caixa, revertendo saldo negativo em R$ 30,1 milhões um ano antes. A empresa gerou receita financeira de R$ 52 milhões, resultante de juros sobre investimentos e ganhos com operações de câmbio. Chegando então ao lucro de R$ 9,5 milhões.

O EBITDA da empresa foi de R$ 77,6 milhões, alta de 33%. A dívida somou R$ 628,4 milhões, maior 3,88% em relação a dezembro.

A Brisanet informa que está concentrada em aumentar a taxa de ocupação dos HPs construídos desde
julho de 2021 (1,9 milhão), de modo a diluir custos e retornar a aumentar a rentabilidade.

ERBs da Huawei

Em março de 2022, a companhia comprou da Huawei as primeiras ERBs para implantação do projeto piloto do 5G. Esse investimento, no valor de R$230 milhões, já foi pago e representa a maior parte do valor que deverá ser investido este ano nesta linha de negócio.

A Brisanet estima terminar o ano com uma base superior a 1,2 milhão de clientes – mas diz que o número pode não se concretizar a depender da inflação e do cenário econômico.

A empresa terminou março com 5,1 milhões de homes passed e 139 cidades cobertas. O churn aumentou de 2% no começo de 2021 para 2,51% agora.

PUBLICIDADE
Anterior MegaSurf, MVNO da Surf Telecom, lança cashback
Próximos ANPD conclui análise de termos do WhatsApp