Brasscom indica Ana Paula Bialer para o Conselho Nacional de Proteção de Dados


A Brasscom indicou a advogada Ana Paula Martins Bialer para uma das duas vagas reservadas às entidades representativas do setor empresarial no Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade (CNPDP).

PUBLICIDADE

O edital de convocação para a composição do conselho foi publicado no dia 4 deste mês e estabelece o prazo de 30 dias para a indicação de nomes.

Ao fim do prazo, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) vai compor listras tríplices para cada uma das vagas e enviar para que Jair Bolsonaro escolha os nomes que terão assento do Conselho.

Bialer tem experiência no setor de telecomunicações, audiovisual, internet, proteção de dados e segurança da informação. Já publicou 10 artigos acadêmicos e um livro. No âmbito da atuação profissional, a indicada recebeu 12 reconhecimentos como profissional de destaque. Atualmente, Bialer atua como sócia sênior do escritório jurídico Bialer Falsetti Associados. 

A Brasscom representa grande empresas de tecnologia da informação. Entre os associados estão IBM, Microsoft, Totvs, Amazon, Cisco, Embratel, Huawei, Telefônica, TIM, Facebook. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Fibrasil, o nome da rede aberta de fibra cujo controle está à venda pela Vivo
Próximos Rede 5G privativa do governo é defendida por área de segurança