Brasileiros gastam US$ 2,02 bilhões em sites estrangeiros em 2015


Os brasileiros gastaram US$ 2,02 bilhões em compras feitas em sites sediados no exterior. Essa cifra é 18% maior do que a contabilizada em 2014. O número de compradores também aumentou. O número corresponde a transações de 14,9 milhões de brasileiros, feitas ao longo de 2015.

Os dados fazem parte do estudo Webshoppers, realizado pela E-bit com apoio da camara-e.net, cuja 33ª edição foi divulgada hoje, 24. Ao toto, 11 milhões de consumidores únicos efetuaram compras online em sites estrangeiros em 2014 – 36% a menos que em 2015. Cartões de crédito intrnacionais e PayPal foram a opção de pagamento de 89% dos consumidores crossborder.

PUBLICIDADE

“O faturamento das transações crossborder teve muito mais a ver com o aumento do número de compradores do que com o valor do tíquete médio”, explica Ludovino Lopes, presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net). “Pensando no valor do dólar, o brasileiro comprou produtos de menor valor, mas mais vezes (em média 3,8 aquisições por comprador)”. Tanto que o valor do tíquete médio das compras internacionais de 2014 para 2015 apresentou queda de 26,7% (de US$ 48,36 para US$ 35,46).

Os sites chineses continuam sendo os preferidos dos brasileiros. Eletrônicos, Moda & Acessórios, Informática, Telefonia & Celulares, e Livros lideram o ranking das categorias preferidas pelos consumidores nacionais. No entanto, Moda & Acessórios foi a que apresentou a maior queda de 2014 para 2015: -3,7%. Já Livros teve alta de 7,7% de um ano para outro.

Anterior Positivo encerra 2015 com aumento de 127% nas vendas de celulares
Próximos Indústria eletroeletrônica demitiu 48,7 mil em 12 meses