Brasil TecPar adquire maior ISP do Mato Grosso e lidera no CO


Gustavo Stock, CEO da Brasil TecPar /Crédito: Divulgação
Gustavo Stock, CEO da Brasil TecPar /Crédito: Divulgação

A Brasil TecPar anunciou a compra da Titânia Telecom, considerado o maior ISP do Mato Grosso, por R$ 180 milhões. Com cobertura de clientes corporativos e residenciais em Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Tangará da Serra, Barra dos Bugres, entre outras, o provedor detém uma base atual de aproximadamente 50 mil assinantes e uma receita anualizada de R$ 90 milhões.

Segundo o Relatório Analítico sobre Banda Larga Fixa Competitiva no Brasil, que traz um panorama do segmento de provedores regionais (ISPs) no Centro-Oeste, a participação das competitivas na região cresceu mais de 70% no ano passado. Nesse cenário, a Titânia Telecom é o maior provedor unificado do Mato Grosso, um estado de economia pujante e alicerçado na base sólida do agronegócio.

PUBLICIDADE

Com a aquisição, o número de clientes da Brasil TecPar passa de cerca de 300 mil para mais de 350 mil. Essa foi a segunda aquisição da companhia em 2022 e a sexta na Região Centro-Oeste. Em janeiro de 2022 foi integrada a Ponto Com, de Mato Grosso do Sul, e, em 2021, a Brasil TecPar já havia adquirido outras 14 operações, no Rio Grande do Sul, Santa Catarina (o maior Data Center do estado),  Rio de Janeiro, São Paulo (com atuação nacional), Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

“Para nós é uma grande honra integrar agora a base de uma das maiores operações do país, a Brasil TecPar. Com certeza isso fará com que os nossos clientes possam usufruir de um atendimento com qualidade ainda maior, melhorando cada vez mais os serviços oferecidos e mantendo o carinho e atenção com que sempre foram atendidos ao longo dos últimos 15 anos”, destaca o sócio-diretor da Titânia, Amarildo Silva. 

O Chief Executive Officer (CEO) da Brasil TecPar, Gustavo Stock, ressalta que, a unificação da Titânia Telecom era uns dos objetivos estratégicos da companhia no Centro-Oeste, pois além de agregar volume e qualidade nos serviços B2C, traz ainda uma qualificada e muito bem atendida operação B2B, dessa forma a incorporação da Titânia está 100% alinhada com o Plano Estratégico da Brasil TecPar.

Stock acrescenta que essa ação potencializa a conquista de novos clientes orgânicos na Amigo Internet e na Ávato (marcas do mercado varejo e corporativo da Brasil TecPar) e nas operações já incorporadas. Ele também informa que virão novas aquisições ainda neste trimestre e que a companhia deverá terminar o ano com uma receita anualizada próxima de R$800 milhões.

“Esse é o caminho que foi planejado e estamos construindo passo a passo rumo ao nosso grande objetivo que é atender com excelência a mais de um milhão de serviços até o final de 2023. Com essa aquisição, a Brasil TecPar se consolida ainda mais entre as maiores operações de internet do país, possuindo sede em seis estados e atuação em todo o território nacional”, afirma.

A operação da Titânia será co-administrada por representantes dos atuais sócios e pela Brasil TecPar. A transição se dará de forma planejada e gradual nos próximos meses, sem impactos operacionais e com foco absoluto na retenção, fidelização e satisfação da base de clientes. Na sequência e de forma planejada, a Brasil TecPar agregará novas ofertas de serviços para os atuais clientes da Titânia e anunciará aquisições de outros provedores.(Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior V.tal chega a 16 milhões de casas com fibra óptica
Próximos OTTs devem pagar pela infraestrutura de rede, defende a TIM