Brasil sobe duas posições em ranking mundial de conectividade


brasil banda larga acessos conexoes fibra internet web mapa luzO Brasil subiu duas posições no índice de desenvolvimento de conectividade, métrica formulada pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) para comparar o acesso a tecnologias da informação e comunicação entre os países.

A Coreia do Sul se manteve pelo segundo ano seguido no topo do ranking dos países mais desenvolvidos em TICs. O top 10 é composto apenas por países asiáticos e europeus. O país asiático teve nota equivalente a 8,84. O Brasil ficou no 63º lugar, com 5,99 pontos. Em 2015, depois de subir quatro posições, ficou em 65º.

A pontuação leva em conta 11 fatores, como cobertura, parcela da população com acesso à internet fixa, móvel, velocidade e habilidade dos cidadãos em lidar com a tecnologia.

PUBLICIDADE

No ranking regional, para o continente americano, o Brasil aparece como nono mais desenvolvido em TICs, atrás de Estados Unidos (8,17), Canadá (7,62), St. Kitts e Nevis (7,21), Barbados (7,18), Uruguai (6,79), Argentina (6,52), Chile (6,35) e Costa Rica (6,30).

Os motivos que levaram à pequena melhora da posição do Brasil no ranking foram aumento da velocidade média de acesso, aumento da cobertura de banda larga fixa, da parcela da população com internet e com computador. A velocidade média aumentou de 4,35 para 4,36 Mbps, enquanto a quantidade de casas com banda larga subiu de 49,6% para 54,5%, e o de casas com computador, de 50,5% para 53,5%.

Anterior Menos da metade da população mundial tem acesso à internet
Próximos Para Baigorri, saída não é regulamentar OTTs, mas desregulamentar mercado