Bradesco revê indicação de Oi após movimentação do PLC 79


Os analistas do Bradesco emitiram relatório nesta segunda-feira, 2, no qual recomendam a compra de papéis da Oi. Para a equipe do banco, as ações ordinárias da companhia têm potencial de alta de 51%, podendo chegar a R$ 1,80.

O motivo seria a movimentação ocorrida no PLC 79, o novo marco das telecomunicações no país. A avaliação dos analistas Fred Mendes e Guilherme Haguiara é de que a baixa recente foi motivada por uma sequência de notícias negativas a respeito da operadora – que começaram com os resultados no segundo trimestre e especulações acerca de como a empresa pretende elevar seu caixa no futuro próximo. Os rumores derrubaram o valor dos papeis à metade em agosto.

PUBLICIDADE

Para os analistas do Bradesco, os acontecimento pressionaram o poder público. Na sexta-feira, 30, a senadora Daniella Ribeiro publicou seu parecer sobre o PLC 79, abrindo a oportunidade para sua votação. “A provação do PLC 79 é o gatilho mais importante para a Oi”, escrevem.

Para eles, uma vez aprovada a nova lei, a empresa teria menos obrigações, poderia simplificar sua estrutura, vender bens hoje considerados reversíveis (nos quais não pode mexer), economizar até R$ 500 milhões nos custos operacionais e se tornar um alvo de aquisição “mais atraente”. Com isso, reviram a posição de neutralidade para “outperform” das ações da Oi.

Itaú BBI

A percepção dos especialistas do Bradesco coincide com a do Itaú BBA. O relatório mais recente da equipe de inteligência do banco, de 22 de agosto, emitido logo após três dias de desvalorização, apontava também para depreciação exagerada das ações da operadora e chamava a atenção para o andamento do PLC 79 como gatilho capaz de valorizar a companhia.

Os analistas Susana Salaru e Vitor Tomita destacaram na época que a companhia tem apenas gatilhos de alta pela frente com a aprovação da nova lei e venda de ativos. Defendiam preço justo das ações de R$ 1 (valor já alcançado). Além disso, estimavam que a aprovação do PLC 79 teria capacidade de adicionar 50 centavos ao preço da ação.

As ações ON da empresa caíam 3,36% às 17h30 desta segunda-feira, 2, cotadas a R$ 1,15. As preferenciais tinham baixa de 5,5%, vendidas a R$ 1,55.

Trâmite

Vale lembrar que a entrega do parecer da Senadora Daniella Riberio coloca o texto em discussão, podendo, ou não, ser votado nesta semana. Senadores contrários à mudança proposta na LGT acenam com a possibilidade de fazer um pedido de vistas coletivo, o que adiaria qualquer decisão.

Anterior Vivo lança rede 4G privativa com foco na indústria 4.0
Próximos Proposta de orçamento do MCTIC para 2020 tem alta de 6,2%