Bolsa de Nova York dá mais tempo para Oi entregar balanço de 2016


TeleSintese-Grafico-resultados-analise-positivo-crescendo-apresentacao-mao-pessoa-analise-cotacao-bolsa-acao-acoes-numeros-Fotolia_144496857

A Bolsa de Nova York (NYSE) deu prazo adicional de seis meses para que a Oi publique, em inglês, e conforme os padrões locais (US GAAP), o relatório anual de resultados referente a 2016. O documento precisa ser arquivado na SEC, a xerife do mercado financeiro norte-americano.

O prazo limite para o arquivamento do documento acabou em 17 de novembro. A Oi, então, pediu extensão do período, o que foi concedido. Com isso, terá até 17 de maio de 2018 para apresentar as informações. Segundo a concessionária, no entanto, não é possível prever se será, de fato, capaz de atender o pedido.

PUBLICIDADE

“A Companhia não possui atualmente as informações necessárias para estimar uma data específica até a qual arquivará o Relatório Anual 2016”, diz a Oi, em comunicado ao mercado. A operadora brasileira passa por uma recuperação judicial desde junho de 2016, o que a impede de consolidar o balanço daquele ano e determinar o valor dos ativos, conforme os padrões dos EUA.

A NYSE alerta que poderá suspender a negociação de papéis da Oi antes do novo prazo “caso ocorra algum evento adverso significativo”.

Anterior Quadros avisa: competência de firmar TAC é da Anatel
Próximos A conta da concessão tem que prever o STFC depois de 2025, diz conselheiro