BNDES e Qualcomm lançam fundo com foco em Internet das Coisas


Fundo Indicator 2 IoT FIP fechou a captação de R$ 240 milhões, duas vezes o valor projetado original. Além de BNDES e Qualcomm Ventures, foram captados recursos do Banco do Brasil, da Multilaser, da Motorola, da Lenovo e da Telefônica.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Indicator Capital e a Qualcomm Ventures  lançaram hoje, 12, o Fundo Indicator 2 IoT FIP de venture capital. Com valor captado de R$ 240 milhões, o fundo fará investimentos “early-stage” em iniciativas de Internet das Coisas (IoT).

PUBLICIDADE

O fundo conta com sete grandes investidores: além de BNDES e Qualcomm Ventures, foram captados recursos do Banco do Brasil, da Multilaser, da Motorola, da Lenovo e da Telefônica, entre outros investidores institucionais e corporativos.

Direcionado para startups que desenvolvem serviços e produtos relacionados a IoT e Conectividade, o fundo é parte do Plano Nacional de IoT. Com esta captação, a Indicator Capital se torna a maior gestora brasileira de venture capital na América Latina especializada em IoT.

Segundo Thomas Bittar, um dos três sócios-fundadores da Indicator, “o fechamento do produto foi disputado e não conseguimos acomodar todos os investidores. Por isso, priorizamos os mais estratégicos para nos ajudar a acelerar a formação do ecossistema de IoT nacional. O nosso objetivo era o de lançar um fundo com pelo menos R$ 120 milhões, mas a demanda possibilitou o fechamento da captação com duas vezes o valor original”, diz.

O fundo é resultado de uma iniciativa conjunta do BNDES e da Qualcomm Ventures, braço de investimentos da Qualcomm. Em dezembro de 2019, lançaram um edital de chamada pública para seleção de um gestor para estruturar o fundo de investimento recém-criado. Juntos, BNDES e Qualcomm Ventures fizeram um aporte inicial de R$ 85 milhões.

Com duração de 10 anos, o fundo investirá em até 30 empresas em estágio inicial (Série A), por meio de aportes de, em média, R$ 10 milhões. “Pretendemos realizar sete investimentos até o final de 2021”, complementa Derek Bittar, sócio-fundador da Indicator Capital.

Anterior Vivo Fibra tem recorde de adições e fatura R$ 1 bi no 1º tri
Próximos Ministro diz que edital 5G não precisa de obrigações para cobrir escolas