Blackberry retorna ao Brasil no 4º tri


blackberry-tcl
O Key é o celular com marca Blackberry fabricado pela TCL

Quais modelos e características ainda não foram divulgados. A empresa também cogita lançar dispositivos com a marca TCL no mercado brasileiro em 2018.

O executivo conta que lançamentos recentes vêm obtendo boa participação em vendas. A ponto de a Alcatel já ser a quarta marca de aparelhos em unidades. Fica atrás de Samsung, Motorola e LG, segundo dados da consultoria GfK.

Em junho, a empresa lançou aqui o Alcatel A5 Led, smartphone com biometria e capa iluminada por LED, configurável, com preço de R$ 999. Mas Pezzotti comemora o sucesso. Há três anos a Alcatel não figurava no ranking. E diz que o mercado local não tem similar no mundo.

PUBLICIDADE

“O mercado brasileiro tem dificuldades para entrantes. Temos duas marcas que têm mais de 80% do mercado. Isso não existe em nenhum lugar do mundo”, disse, durante painel no Smartphone Congress, que acontece em São Paulo até amanhã.

Segundo ele, o país ainda espera ser alvo da invasão chinesa, de concorrentes como oppo e vivo, que hoje dominam o mercado asiático. Mas especificidades locais devem postergar essa chegada.

“Uma marca não pode vir e lançar achando que terá sucesso. Tem que ter relação solidificada com parceiros. Mas o legal dessa indústria é que ela é muito dinâmica. Não tenho duvida de que nosso mercado vai mudar muito nos próximos cinco anos, e os chineses terão papel fundamental”, diz.

A TCL licenciou no final de 2016 marca Blackberry. Em fevereiro, lançou o primeiro aparelho, que usa uma versão do Android modificada e traz teclado físico, batizado de Blackberry Key. O executivo não diz, no entanto, se este será o modelo a desembarcar por aqui.

Anterior Receita pede veto integral à MP da Refis
Próximos Qualcomm e Vivo fazem parceria no refarming do 2G para 4G