Blackberry perde 41% da receita em um ano


A fabricante de dispositivos Blackberry fechou o segundo trimestre do ano fiscal de 2015 com encolhimento de receita de 46%. A empresa faturou entre junho e agosto deste ano US$ 916 milhões, antes US$ 1,57 bilhão no mesmo período em 2013. Comparando-se os primeiros semestres, a receita diminuiu quase 60%, passando de US$ 4,6 bilhões ano passado para US$ 1,88 bilhão este ano.

A empresa continua a apresentar prejuízo. No trimestre, as operações foram negativas em US$ 207 milhões. Em compensação, as perdas foram menores do que as registradas um ano antes, quando foi registrado déficit de US$ 965 milhões. A comparação semestral também demonstra redução da sangria. Nos seis primeiros meses do ano fiscal anterior, a empresa perdeu US$ 1,049 bilhão. Neste ano, o prejuízo até agora é de US$ 184 milhões.

PUBLICIDADE

O CEO da Blackberry, John Chen comemorou o resultado e afirmou, em conferência a analistas, que a empresa deve encontrar o break even até o final deste ano fiscal. O principal argumento para comemoração, na visão dele, é o aumento da margem, que de negativa em 23,8% em agosto de 2013, passou para positiva em 46,4% no último trimestre. A empresa vendeu 2,4 milhões de smartphones, mas fabricou 2,1 milhões, reduzindo estoques. Nesta semana, a empresa anunciou um novo celular, de olho no mercado corporativo. Sua plataforma de troca de mensagens, a BBM, atingiu 91 milhões de usuários, 6 milhões a mais que no primeiro trimestre.

Anterior Acionistas da DirectTV aprovam venda para AT&T
Próximos Operadoras de Slim ganham valor de mercado em setembro