Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. As três melhores colocadas no Índice Brasil de Cidades Digitais.


A Momento Editorial, em parceria com o CPqD, lançou ontem o Índice Brasil de Cidades Digitais. Trata-se de um trabalho inédito no país, realizado com o objetivo de medir o nível de digitalização dos municípios brasileiros que utilizam as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). O trrabalho oferece um panorama do estágio de digitalização de 75 municípios. Os mais avançados ocupam as quatro primeiras posições do ranking: Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Vitória (ES). Pequenos municípios, como Ibirapuitã (pouco mais de 4 mil habitantes), no interior do Rio Grande do Sul, Tarumã (cerca de 13 mil habitantes), no estado de São Paulo, e Tauá (55 mil habitantes), no interior do Ceará, também estão bem posicionados – entre os dez primeiros no índice.

O  “As cidades digitais apresentam diferentes estágios de maturidade, ou níveis de urbanização, em relação à disponibilidade e uso das TICs, seja pelo cidadão, governo, sociedade ou empresas”, afirma Juliano Castilho Dall’Antonia, diretor de Tecnologias de Serviços do CPqD. Para avaliar em que estágio estão os municípios brasileiros, o CPqD criou uma metodologia que leva em conta uma série de critérios, divididos em nove categorias, relacionados não só à infraestrutura tecnológica (presença de equipamentos primários, banda, cobertura geográfica, etc), mas também à disponibilidade de serviços digitais e até de recursos de acessibilidade, por exemplo, para pessoas com deficiências físicas ou analfabetas.

PUBLICIDADE

A partir desses critérios, foi gerado um questionário com 15 perguntas, que foram respondidas por mais de cem municípios, de todas as regiões do Brasil. Desse total, 75 questionários foram validados pela equipe da Momento Editorial e do CPqD, após checagem dos dados e seu cruzamento com informações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do IBGE. A metodologia também estabelece um sistema de pontuação para cada categoria de critério.

Estes são os dez municípios classificados nas primeiras posições- e suas respectivas pontuações:

1.º – Belo Horizonte (MG) – 360 pontos
2.º – Curitiba (PR)  – 352 pontos
3.º – Porto Alegre (RS) – 349 pontos
4.º – Vitória (ES) – 347 pontos
5.º – Ibirapuitã (RS) – 340 pontos
5.º – Jundiaí (SP)  – 340 pontos
6.º – Campinas (SP) – 339 pontos
7.º – Santos (SP)  – 338 pontos
7.º – São Carlos (SP) – 338 pontos
8.º – Tarumã (SP) – 335 pontos
9.º – São Paulo (SP) – 334 pontos
10.º – Tauá (CE) – 332 pontos

E estes são os quatro destaques:

    * Acessibilidade – Ibirapuitã (RS)
    * Acesso Público – Icapuí (CE)
    * Cobertura Geográfica – Campo Bom (RS)
    * Serviços e Aplicações – Porto Alegre (RS)

A lista completa dos 75 municípios do Índice Brasil de Cidades Digitais encontra-se disponível aqui

PUBLICIDADE
Anterior Orange e Telefônica integram serviços globais de Telepresença
Próximos Cade adia votação do ato de concentração Telefônica/TVA