PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Fintechs DMI

BB aplica R$ 4 milhões na Payfy

Em pouco mais de um ano de atuação do seu programa de CVC, o Banco do Brasil está realizando o seu quinto investimento.
BB investe na PayFy. Crédito-Freepik
A payFy tem soluções para gastos corporativos. Crédito: Freepik

O Banco do Brasil (BB) realizou aporte de R$ 4 milhões na Payfy, plataforma de soluções para ajudar empresas a gerirem os gastos corporativos de forma mais eficiente. O investimento foi feito por meio do BB Ventures, fundo de corporate venture capital gerido pela MSW Capital.

 Em pouco mais de um ano de atuação do seu programa de CVC, o Banco está realizando o seu quinto investimento, sendo o primeiro em uma startup que oferece soluções que ajudam os empresários a gerir melhor o seu negócio, com funcionalidades de meios de pagamento embarcadas.

“O investimento na Payfy vem para fortalecer ainda mais a presença do BB junto aos clientes pessoas jurídicas, com oferta de serviços que desburocratizam o seu dia a dia e ajudam na gestão e conciliação das despesas das empresas”, comenta Marisa Reghini, vice-presidenta de negócios digitais e tecnologia do Banco do Brasil.

Atuação

A Payfy atua na gestão de gastos corporativos de forma mais eficiente com a integração dos gastos em uma plataforma de controle, permitindo que as empresas gerenciem estas despesas de forma simplificada.  Além do software, a startup também oferece serviços de cartões inteligentes em versões físicas e digitais, com a possibilidade de definição dos limites de gastos e regras de aprovação totalmente personalizadas para cada orçamento, permitindo que o processo de compras e até de reembolsos para os funcionários seja realizado de forma fluida e simples.

” Com esse investimento poderemos evoluir e levar essas soluções de gestão para mais empresas, tornando a gestão dos gastos corporativos mais prática e eficiente”, comenta André Apollaro, founder e CEO da Payfy.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Chatbot com IA da Mundiale automatiza vendas dos ISPs em até 84%
ISPs ainda podem contar com envio automatizado de boleto com régua de cobrança para reduzir a inadimplência e com gerenciamento fim-a-fim.