Banda larga fixa via LTE da TIM agora funciona em 50 cidades


tablet-notebook-ipad-macbook

A TIM segue aproveitando o potencial de sua rede 4G para diversificar a estratégia de negócios. A operadora acaba de ampliar a cobertura do seu serviço de internet residencial fixa e para empresas e pequenos negócios usando a rede rede LTE. O produto já está disponível em mais de 50 municípios, em todas as regiões do país.

Também acrescentou à conexão um serviço gratuito de segurança online, batizado de TIM Protect. Voltado para regiões com pouca ou nenhuma oferta de banda larga fixa, o serviço tem pacotes de 2 Mbps (R$ 93,90) e 4 Mbps ( R$ 119,90), com franquias de 50 a 80 GB.

PUBLICIDADE

Mas a operadora passou a oferecer, com o aumento da capilaridade, a possibilidade de franquia adicional. O preço é de R$ 49,90 por mais 10 GB. É possível continuar navegando após o fim da franquia, mas a velocidade é reduzida pela companhia.

“Muitos dos nossos clientes atuais afirmam que é a primeira internet que contratam para sua casa. Mas observamos que também podemos atingir o público de pessoas físicas, como microempresários e profissionais liberais”, conta Fabiano Ferreira, diretor de Residential Solutions da TIM Brasil.

Cidades

Dentre as novas localidades onde o produto passa a ser oferecido, estão Brasília (DF), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Vitória (ES), Vila Velha (ES), Montes Claros (MG), Passo Fundo (RS), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Rondonópolis (MT), dentre outras. A previsão é chegar a 70 cidades no primeiro trimestre deste ano.

O pacote de proteção incluído gratuitamente nos planos previne e elimina vírus dos aparelhos cadastrados, permite o armazenamento de arquivos e outros conteúdos na nuvem, monitora a localização de filhos e suas atividades na internet, protege a conexão de aparelhos em redes públicas WiFi, e bloqueia anúncios durante a navegação.

Os clientes que já possuem a assinatura do serviço precisam solicitar a migração para o novo plano para a inclusão do TIM Protect.

UF Cidade
DF BRASILIA
BA SALVADOR
CE FORTALEZA
AM MANAUS
PE RECIFE
RN NATAL
PB JOAO PESSOA
ES VILA VELHA
ES VITORIA
RS PASSO FUNDO
ES SERRA
RO PORTO VELHO
ES CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM
RS ERECHIM
RN PARNAMIRIM
ES GUARAPARI
ES CARIACICA
MG MONTES CLAROS
RR BOA VISTA
MT RONDONOPOLIS
TO GURUPI
SC CONCORDIA
PE OLINDA
BA CAMACARI
PA ANANINDEUA
RS CARAZINHO
BA SIMOES FILHO
CE MARACANAU
BA SENHOR DO BONFIM
PE CAMARAGIBE
BA CANDEIAS
MA SANTA INES
PE CABO DE SANTO AGOSTINHO
PA MARABA
RN ACU
GO AGUAS LINDAS DE GOIAS
PE PETROLINA
GO RIO VERDE
MA IMPERATRIZ
TO PALMAS
MG UBERABA
MT VARZEA GRANDE
AC RIO BRANCO
SE ARACAJU
MG UBERLANDIA
AP MACAPA
MT CUIABA
PI TERESINA
MA SAO LUIS
AL MACEIO
MS CAMPO GRANDE

Como funciona

O serviço utiliza a tecnologia WTTX, que surge como uma opção de qualidade para atender regiões com demanda de banda larga reprimida devido à carência de ofertas e a uma infraestrutura de rede fixa ainda em desenvolvimento. O usuário tem liberdade para navegar, com estabilidade e ativação simples, por meio do modelo “plug and play”.

Ao contratar, o cliente recebe um kit que contém chip de dados 4G, modem e fonte de alimentação AC. Basta inserir o chip e ligar os aparelhos na tomada. Depois, é preciso encontrar a rede WiFi criada pelos equipamentos, se conectar, e sair navegando.

Anterior BNDES lança cartilha sobre uso de IoT nas cidades inteligentes
Próximos CCS desiste de projeto contra fake news, mas vai elaborar parecer sobre PLs em tramitação