Banda larga fixa recua 3% em janeiro. ISPs perdem 6,3%


Crédito: Freepik
Banda larga fixa recua em janeiro/Crédito: Freepik

Os acessos em banda larga fixa apresentaram queda de 3% em janeiro, passando de 41,4 milhões anotados em dezembro para 40,1 milhões. Os ISPs tiveram maiores perdas, de 6,3%, caindo de 19,3 milhões para 18,1 milhões. As operadoras de grande porte ficaram praticamente estáveis, com variação negativa de apenas 0,1%.

Os contratos na tecnologia fibra óptica também recuaram de 18,9 milhões para 18 milhões, o que sugere a subnotificação pelos ISPs. Também caíram as assinaturas com velocidades acima de 34 Mbps, na mesma proporção, passando de 32,9 milhões para 32,1 milhões.

PUBLICIDADE

As PPPs perderam mais assinantes nas regiões Sudeste (-9,4%) e Nordeste (-8,2%). Só registraram aumento nos estados do Norte, de 2,3%. As grandes, tiveram maior perda na região Nordeste, com recuo de 0,4%.

A Claro continua na liderança entre as grandes, com 9,7 milhões de assinantes, seguida da Telefônica, com 6,3 milhões e da Oi, com 5,1 milhões de acessos.

Entre as PPPs, embora com números ainda de dezembro, o destaque é para a Brisanet, com 843,2 mil assinantes, seguida da Algar, com 747,8 mil. A novidade está no terceiro lugar, com a Vero Internet superando a Unifique, com 566,1 mil clientes. Os números da Unifique na Anatel ainda são os mesmos de novembro.

Os números da banda larga fixa de janeiro, coletados pela Anatel, foram divulgados nesta sexta-feira, 11.

PUBLICIDADE
Anterior Base de TV Paga fica estável em janeiro
Próximos 99 reajusta repasse a motoristas para compensar alta dos combustíveis