Banda larga fixa recua 1% em abril por subnotificação dos ISPs


Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Os acessos à internet em banda larga fixa chegaram a 41,8 milhões em abril, com recuo de 1% na comparação com o mês anterior. As Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs) apresentaram queda de 2%, justificada pela demora do repasse do número de conexões. A maioria ainda exibe os números do mês de março, comprovando a subnotificação.

Já as grandes operadoras se mantiveram estáveis na passagem de março para abril, com 22 milhões de acessos. No mês de abril, a Claro mantinha os 9,7 milhões de assinantes. A Vivo, em segundo lugar, também não alterou o número de assinantes de 6,3 milhões anotados no mês anterior. A Oi do mesmo modo, variou pouco, alcançando 5,1 milhões de clientes em abril.

PUBLICIDADE

A TIM, por sua vez, atingiu 698 mil assinantes em abril, número menor do que os clientes da PPP Brisanet, que já somava 909,4 mil usuários em março, ou da Algar, com 760,9 mil também em março. A Vero Internet chegou a 595,9 mil naquele mês.

Os ISPs superam as grandes operadoras no número de conexões por fibra óptica, com 17,1 milhões ante 9,9 milhões das teles. Mas perdem no número de acessos com velocidades mais altas, acima de 34 Mbps, com 16 milhões de contratos, enquanto as grandes operadoras detêm 18,3 milhões de assinantes acima dessa faixa de velocidade.

Na comparação anual, o número de acessos à internet em banda larga fixa cresceu 9,1%. A maior alta veio dos ISPs, que avançaram 22,4% nesse tipo de comparação.

PUBLICIDADE
Anterior Roaming "local" e preços menores são os remédios da Anatel para a venda da Oi Móvel
Próximos Novo regulamento das CBCs assegura participação de empresas em delegações