Banda larga fixa cai 1,2% em outubro


Image by Tomislav Jakupec from Pixabay

O Brasil fechou o mês de outubro com 35 milhões de contratos de banda larga fixa, com queda de 1,2% na comparação com setembro, porém alta de 5,5% frente ao mesmo mês do ano passado. Os ISPs apresentaram queda de 3,2% na comparação mês a mês, passando de 13,1 milhões em setembro para 12,7 milhões em outubro, resultado atribuído ao atraso nas notificações.

Entre agosto e setembro, os acessos mantidos pelos ISPs pularam de 12,7 milhões para 13,1 milhões. Na comparação anual, a participação de provedores regionais é 26,1% maior.

As grandes teles se mantiveram estáveis em setembro, com 22,2 milhões de assinantes. Porém, na comparação anual, a participação cai 3,5%. A Claro continua na frente, com 9,8 milhões de acessos.

PUBLICIDADE

Com relação a tecnologia, os ISPs têm 9 milhões de acessos em fibra óptica, enquanto as grandes teles têm 6,2 milhões. No geral, 19,8 milhões dos contratos têm velocidade de conexão acima de 34 Mbps.

Anterior Abrint “descobre” rede em 459 dos 1.688 municípios sem infraestrutura apontados pela Anatel
Próximos Plataforma das operadoras para medir isolamento social ficará no ar até final do ano