Banco português aumenta participação em sócio da Oi


O Banco Comercial Português (BCP) passou a deter uma participação qualificada de 6,1689% da Pharol, a antiga PT SGPS. Conforme a imprensa portuguesa, o banco executou uma dívida que tinha como garantia as ações desta empresa de telecomunicações e transformou-se em um dos principais acionistas.

No comunicado enviado à xerife do mercado português, a CMVM, não fica esclarecido qual seria o sócio da Pharol que teve seus títulos executados pelo banco, mas os jornais estrangeiros informam que foi o grupo Ongoing, que atua também na mídia, sendo dono do jornal Diário Económico de lá. Conforme notícias, a Ongoing estaria se preparando para ingressar em um Processo Especial de Revitalização (PER), de recuperação de devedores. A dívida da Ongoing com o BCP seria de mais de € 230 milhões.

Conforme o comunicado, “a  situação ocorreu na sequência do exercício, no dia 12 de agosto, do direito de apropriação previsto em contrato de mútuo com penhores de ações e de outros valores, em que o BCP adquiriu 37.804.969 ações ordinárias representativas de aproximadamente 4,2169% do capital social e direitos de voto da Pharol”. (com agências internacionais).

PUBLICIDADE
Anterior TIM e Vivo resgatam R$ 293 milhões em garantias
Próximos MEC vai economizar R$ 2,4 milhões por ano com sistema eletrônico de informações