PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Notícias DMI

Banco Central dá o nome de Drex para projeto de moeda digital

A ferramenta só deverá estar à disposição dos correntistas no fim de 2024, quando começará a receber depósitos tokenizados (ativos reais convertidos em digitais).

Banco Central e Drex
Banco Central lança a marca da moeda digital, o Drex
O Banco Central deu o nome de Drex para o projeto de moeda digital do órgão (em inglês, Central Bank Digital Currency – CBDC).  O real digital entrou em fase de testes em março por meio de uma plataforma que permite o registro de vários tipos de ativos financeiros. A ferramenta só deverá estar à disposição dos correntistas no fim de 2024, quando começará a receber depósitos tokenizados (ativos reais convertidos em digitais).
Ao anunciar o lançamento do projeto, em março, o coordenador do projeto do Banco Central, Fabio Araujo, disse  que ele funcionará como um Pix em larga escala, que permitirá transferências instantâneas de grandes valores no atacado, como grandes empresas e instituições financeiras.
Em setembro, o Banco Central anunciou que o Pix Automático, ferramenta semelhante ao débito automático em conta, deve ser lançado em abril de 2024.
Segundo o BC, a solução, anteriormente referida por Real Digital, “propiciará um ambiente seguro e regulado para a geração de novos negócios e o acesso mais democrático aos benefícios da digitalização da economia a cidadãos e empreendedores. “
Marca
O Banco Central explica que na marca, desenvolvida pelo BC, “a combinação de letras forma uma palavra com sonoridade forte e moderna: “d” e “r” fazem alusão ao Real Digital”. O BC reforça que o “e” vem de eletrônico e o “x” passa a ideia de modernidade e de conexão, do uso de tecnologia de registro distribuído (Distributed Ledger Tecnology – DLT), tecnologia adotada para o Drex, dando continuidade à família de soluções do BC iniciada com o Pix.
Explica ainda que o conceito visual do Drex se encaixa no contexto da agenda de modernização tocada pelo Banco Central, a Agenda BC#, que “tem como premissa a utilização de tipografia e elementos gráficos que remetem ao universo digital”.
Fazendo alusão a uma transação, as duas setas que se incluem no “d” têm relação com a evolução do Real para o ambiente digital, reforçando o atributo da agilidade, e o uso das cores, numa transição de azul para verde claro, passa a mensagem de “transação concluída”.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado