Autorregulação não é anarquia


A autorregulação pressupõe maior liberdade para as empresas inovarem e adotarem diferencial competitivo entre si. Faz parte de um processo natural, e é fundamental o papel da agência reguladora e dos órgãos de defesa do consumidor para assegurar que todos os cuidados serão tomados com a prestação do serviço, afirma Monique Barros, da Claro.

PUBLICIDADE
Anterior Emprego na indústria eletroeletrônica cresce em julho
Próximos Autorregulação é um ato de coragem