Já há requerimentos solicitando a tramitação da matéria em mais duas comissões, além das três previstas.

Exigência vem de resolução aprovada pela Anatel no ano passado e vale apenas para aparelhos usados em chamadas para serviços de emergência

PL em debate determina o prazo de seis horas para entrega das informações, que podem ser solicitadas diretamente pelo policial, nos casos de sequestros relâmpagos.

Anatel vai criar uma conta segregada para esse fim, que será administrada por entidade independente, com o objetivo de evitar negociação direta entre donos de emissoras de TV e teles

Alteração do Regulamento de Uso do Espectro de Radiofrequências será submetido à apreciação da sociedade por 60 dias

Para o órgão, a indefinição quanto ao prazo causa incertezas que, entre outras coisas, podem coibir a inovação e afetar outros serviços.

Promessa foi feita esta quarta-feira pelo presidente da Casa, em reunião com teles, Proteste e união de trabalhadores.

Votação ainda depende da apreciação de outras emendas e destaques apresentados ao texto, especialmente ao artigo 20, que trata da liberdade de expressão.

Entrega das propostas está marcada para o dia 29 de abril na sede da Anatel. Condições de pagamento não mudam.

Novo PPB publicado nesta sexta-feira exige um percentual de 15% de componentes de μSD Card fabricados aqui ainda em 2014

Partidos prometem destacar artigo 20 do projeto, que condiciona a remoção à apresentação de ordem judicial.

2º turno somente acontecerá depois que governo se comprometer a dar mais 10 anos de incentivos para indústrias instaladas em outros estados

Ainda sem os ajustes previstos após acordo, o projeto do Marco Civil da Internet começou a ser discutido no plenário da Câmara, no final da tarde desta quarta-feira (19). O relator do projeto, deputado Alessando Molon (PT/RJ) afirmou ainda que o acordo firmado com as operadoras de telecomunicações não sofrerá mudanças.

Anatel e CGI devem ser consultados antes de decreto que definirá exceções para permitir gestão do tráfego da rede.

O Serpro está se preparando para um forte aumento de tráfego em sua rede, que atende exclusivamente ao Governo Federal. E este aumento de consumo será provocado porque a empresa pretende expandir o conceito das redes sociais para os aplicativos do dia a dia, informa seu presidente, Marcos Mazoni. Por exemplo, o novo sistema de gestão de recursos humanos da União passará a ser de comunidades. “Os procuradores da União, os médicos, e essas pessoas vão se comunicar entre si”. A sua intenção é já no segundo semestre ter uma rede de 100 Gbps.

Ministros abrem mão do armazenamento de dados de brasileiros em datacenters no país, mas afirmam que a neutralidade é inegociável.

Resultados são melhores do que os alcançados em dezembro do ano passado, que ficaram em 6,6% e 5,9%, respectivamente. A maior alta se deu no segmento de audiovisual, edição e agências de notícias, com 10%, de acordo com o IBGE.

Objetivo da Anatel e operadoras é, no futuro, impedir que os aparelhos não homologados funcionem. Mas medida já recebe críticas. A agência não sabe ainda quanto tempo ficará o sistema em funcionamento antes de serem adotadas medidas mais duras, como o bloqueio dos aparelhos que estiverem funcionando irregularmente na rede de celular brasileira.