Só no primeiro semestre de 2021, os investimentos nas edtechs brasileiras somaram US$ 223,7 milhões.

O setor das fintechs ficou em primeiro lugar, com US$ 2,4 bilhões de investimentos no primeiro semestre de 2021. No total foram 339 rodadas de aportes.

O país só fica atrás dos Estados Unidos e China e está chegando perto de somar 20 startups com valor de mercado acima de US$ 1 bilhão.

Crédito: Freepik

A agência antitrust aprovou sem restrições e em definitivo a aquisição da Linx pela Stone hoje,16. A aquisição por R$ 6,8 bilhões, aprovada anteriormente tinha sido contestada por Adyen, Banco Safra e Cielo.

Entre as 254,3 milhões de chaves cadastradas no Pix até 31 de maio deste ano, 10,4 milhões são de pessoas jurídicas, mas as transações pelo meio de pagamento instantâneo entre as empresas são apenas 3% do total.

O montante de investimentos feitos nas edtechs brasileiras entre janeiro e maio de 2021 somou US$ 380 milhões.

O Banco de Brasília (BRB), para se tornar nacional. conta seu presidente, Paulo Henrique Costa, sabia que precisava ter um banco digital que tivesse em seu DNA uma das principais características da internet: o engajamento. Foi firmada, então, a parceria com o Flamengo.

Foto de Bárbara Santiago

Já participaram dos cursos gratuitos oferecidos pela startup cerca de 800 mulheres, em mais de 25 turmas, com percentual de 96% de conclusão e quase 70% de colocação no mercado.

Desde o início de 2020 até agora, já foram realizadas mais de 50 IPOs, com volume total de R$ 70 bilhões