Aumento na tarifa da ligação fixo-móvel irá variar entre 5,5% a 7,2%


A Anatel autorizou hoje, 24, o reajuste do VC1, VC2 e VC3 (ligações fixo-móvel) das concessionárias de telefonia fixa. Os reajustes irão variar de 5,5%  a até 7,2% e passarão a valer dois dias após a publicação da decisão no Diário Oficial, o que deverá acontecer amanhã, 25. O índice de inflação setorial medido para esses reajuste varia de 8,5% a 12,11%

A tarifa da ligação feita por telefone fixo da região da Oi nos estados da Telemar (região Sudeste, sem São Paulo, e Nordeste) para os telefones celulares terá aumento de 5,54% o minuto. As ligações feitas do telefone fixo feitos na região da Oi da Brasil Telecom (Regiões Norte, Centro-Oeste e Sul), serão também majoradas em  5,54% para todos os celulares.

As ligações feitas pelo fixo da Telefônica ficarão 3,37% mais caras e as da Embratel, por serem de longa distância, (VC2 e VC3) e por terem prazo de reajuste diferenciado,  terão reajuste de 7,29%. As ligações feitas pelos clientes da Algar Telecom e da Sercomtel terão aumento de 5,9%.

Nextel

As ligações para a Nextel também tiveram reajuste autorizado pela Anatel. e elas serão elevadas em 3,85% para os clientes da Oi e Telefônica e em 6,43% para os assinantes da Algar Telecom e Sercomtel.

O índice de produtividade aplicado nesses reajustes variou de 2,72% a 5% .

No ano passado, o reajuste autorizado foi de 1,5%

Anterior Anatel mantém decisão de que banda larga gratuita gera receita na troca de meta de universalização
Próximos Facebook quer fazer distinção entre o acesso zero-rating e o Internet.org