AT&T prevê crescimento de receitas e lucros até 2018


A AT&T (segunda maior operadora de celular norte-americana) anunciou hoje,12, estimativas bem otimistas de crescimento, após a aquisição da operadora de TV paga, DirecTV (que controla no Brasil a Sky). Com a compra da DirecTV, por US$ 48 bilhões, a gigante norte-americana se tornou a maior provedora de TV paga dos Estados Unidos, e do mundo. Conta com 26 milhões de assinantes nos Estados Unidos e mais de 19 milhões na América Latina (incluindo o México, onde tem uma participação minoritária na empresa de TV por assinatura de lá).

A operadora ressalta  em seu comunicado que possui 132 milhões de assinantes nos EUA e no México e que a sua cobertura 4G atinge 310 milhões de pessoas e chegará a 350 milhões de habitantes na América do Norte. Conta ainda com 16 milhões de clientes de banda larga.

PUBLICIDADE

A empresa espera que as receitas, lucros e fluxo de caixa (free cash flow) cresçam até 2018. Para este ano, a operadora prevê crescimento de dois dígitos. E anunciou mais investimentos, de US$ 18 bilhões para US$ 21 bilhões.

A empresa aumenta também a previsão dos lucros de US$ 2,62 para US$ 2,68 por ação. Prevê este desempenho contando com o mercado mexicano de telefonia celular. E registra que a oferta de serviços GigaPower está suplantando as expectativas iniciais, com o custo por cliente muito mais barato do que as estimativas iniciais.

No comunicado, não há qualquer menção explícita ao Brasil.

 

Anterior Atento tem queda de receita em dólar mas aumento de 11% em real
Próximos Receita líquida da Cisco cresce 11,7% no 3T15