AT&T fatura US$ 38,1 bilhões, queda de 13,3% no 1º trimestre


crédito: divulgação
crédito: divulgação

As receitas consolidadas da AT&T totalizaram US$ 38,1 bilhões, no primeiro trimestre de 2022, conforme divulgação de resultados pela empresa. A companhia registrou US$ 43,9 bilhões no mesmo período do ano passado, uma queda de 13,3%, portanto, na comparação ano a ano.

Segundo a empresa, essas reduções foram parcialmente compensadas por maiores receitas de mobilidade e, em menor grau, maiores receitas da WarnerMedia, Consumer Wireline e do México.

PUBLICIDADE

De acordo com a companhia, em uma análise em que se exclua os impactos dos negócios de vídeo nos EUA e Vrio do trimestre do ano anterior, a receita de US$ 38,1 bilhões marca um aumento de 1,6% em comparação com US$ 37,5 bilhões com a mesma análise no mesmo trimestre do ano anterior, e isso reflete o crescimento da receita para AT&T e WarnerMedia independentes.

Ao excluir ainda mais os impactos da WarnerMedia e Xandr de ambos os trimestres, as receitas consolidadas da AT&T totalizaram US$ 29,7 bilhões em comparação com US$ 29,0 bilhões no mesmo trimestre do ano passado. Um aumento de 2,5%. Em dezembro de 2021, a Xandr passou para as mãos da Microsoft.

Operacionais

As despesas operacionais foram de US$ 32,5 bilhões, contra US$ 36,3 bilhões no mesmo trimestre do ano passado. Diminuíram devido à separação das operações de vídeo dos EUA e aos impactos da Vrio e de outros negócios alienados, diz a AT&T.

Esses declínios foram parcialmente compensados ​​por custos mais altos para a AT&T autônoma, incluindo custos de equipamentos sem fio, custos de desligamento de rede 3G e custos mais altos de programação, marketing e vendas da WarnerMedia.

O lucro operacional foi de US$ 5,6 bilhões, contra US$ 7,7 bilhões no mesmo trimestre do ano passado. Ao ajustar os custos de amortização da fusão e outros itens, o lucro operacional ajustado foi de US$ 7,1 bilhões versus US$ 8,9 bilhões no mesmo trimestre do ano anterior.

Excluindo os impactos do U.S. Video e Vrio do trimestre do ano anterior, o lucro operacional ajustado totalizou US$ 7,1 bilhões em comparação com US$ 7,5 bilhões no mesmo trimestre do ano anterior.

Ao excluir ainda mais os impactos da WarnerMedia e Xandr para ambos os trimestres, a receita operacional ajustada da AT&T independente totalizou US$ 5,8 bilhões, mesmo valor do trimestre equivalente do ano anterior.

Assinantes

A AT&T teve 965 mil adições líquidas de assinantes no pós-pago, que exclui impactos do desligamento da rede 3G de 900 mil, o que refletiu na base de assinantes. Foram 691 mil adições líquidas de assinantes no pós-pago, mais 113 mil adições líquidas de assinates de pré-pagos, além de 62 mil adições líquidas de tablets pós-pagos e outros dispositivos de computação de marca, e mais 212 mil outras adições líquidas não definidas.

 

PUBLICIDADE
Anterior Distribuição de kits de TVRO para beneficiários do CadÚnico será sob demanda
Próximos TIM cobra R$ 1,5 mi para MVNO. Claro e Vivo, R$ 4 mi