PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Aplicações

Atma, aplicativo de mindfulness da Vivo, amplia oferta de trilhas de meditação e ganha nova voz feminina

Instrutora sênior Luiza Bittencourt fica responsável pela meditação guiada do serviço, que pode ser utilizado mesmo por quem não é cliente da operadora
Aplicativo de meditação Atma ganha nova voz feminina
Luiza Bittencourt, instrutora sênior de mindfulness do aplicativo de meditação Atma (crédito: Divulgação/Vivo)

A Vivo informou, nesta quarta-feira, 8, que está ampliando a oferta de meditações disponíveis no Atma, aplicativo de mindfulness da operadora. Com isso, o serviço passa a ter mais de 1 mil meditações.

Outra novidade é que, para marcar o Dia Internacional da Mulher, celebrado hoje, a instrutora sênior Luiza Bittencourt ficará responsável pela voz que guia os praticantes de meditação que utilizam o aplicativo.

Luiza é instrutora sênior pela Mindfulness Trainings International e Especialista em Neurociências e Comportamento pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS). Além disso, tem larga experiência em técnicas de atenção plena aplicadas a ambientes escolares, corporativos e de saúde, tanto para grupos quanto para trabalhos individuais.

O mindfulness, em resumo, é um tipo de medicação que privilegia a atenção e instrui as pessoas a viverem o presente de modo consciente.

“O estresse, a ansiedade e as demais adversidades que afetam a saúde emocional podem ser aliviados com a prática diária da meditação. No aplicativo Atma, meditar e cuidar de si fica ainda mais fácil, uma vez que é possível praticar em qualquer momento do dia e de qualquer lugar”, afirma, em nota, Luiza.

Em comunicado, a Vivo ressalta que a iniciativa integra o pilar de diversidade de seus negócios e que a operadora busca garantir oportunidades iguais para todos e proporcionar mais representatividade para todos os grupos sociais.

Vale destacar que o Grupo Telefónica, controladora da Vivo, se comprometeu, no ano passado, a ter 33% dos cargos de direção ocupados por mulheres até o ano de 2024. A deliberação vale para todos os territórios nos quais a companhia espanhola atua.

O aplicativo Atma possui versões gratuita e paga, por meio da qual é possível acessar todas as trilhas de meditação. A assinatura mensal custa R$ 16,90 e pode ser contratada mesmo por quem não é cliente dos serviços de telecomunicações da Vivo. (Com assessoria de imprensa)

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS