As prestadoras podem resolver problemas do consumidor


O primeiro Código de Autorregulação de Telecomunicações nasceu no início de 2020, com a iniciativa do lançamento do site “Não Me Perturbe”, que permite o bloqueio do número de celular do usuário para chamadas de telemarketing. Conforme Alexandre Bicalho, do SindiTelebrasil, essa iniciativa das prestadoras de telecomunicações abriu a oportunidade para o setor conquistar a credibilidade junto aos diferentes agentes públicos.

PUBLICIDADE
Anterior América Móvil desiste da compra de unidade da Telefónica em El Salvador
Próximos Tráfego de dados da Wirelink cresce 70% em dois meses