PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Justiça

Arm processa a Qualcomm por violação de patentes

Arm diz que a Qualcomm violou patentes ao adquirir a Nuvia em 2021, cujos contratos de licenciamento venceram em março desde ano

Crédito: Divulgação

A Arm alega que a Qualcomm obteve acesso ilegalmente a patentes da Arm quanto adquiriu ano passado a empresa Nuvia.

A Nuvia tinha contrato de licenciamento com a Arm, mas esta alega que tais contratos não eram transferíveis em caso de fusão e aquisição envolvendo a startup parceira.

O processo foi aberto nos Estados Unidos, onde fica a sede da Qualcomm. A ARM tem sede no Reino Unido.

Além da transferência proibida, a Arm afirma que as licenças da Nuvia venceram em março último. Desde então a companhia, que é controlada pelo fundo japonês Softbank, alega ter buscado negociar o licenciamento junto à Qualcomm, sem sucesso.

Mesmo se renovar o contrato, a Qualcomm prosseguiu desenvolvendo tecnologia com base nas patentes da Arm. “Não temos saída a não ser processar Qualcomm e Nuvia para proteger nossa propriedade intelectual, nossos negócios e garantir que os clientes utilizem produtos baseados em Arm de forma válida”, diz a desenvolvedora em comunicado.

Toda a receita da Arm vem do licenciamento de patentes, uma vez que a companhia não possui fábricas nem distribui componentes físicos. Tudo baseado em sua arquitetura de chips é produzido por terceiros, mediante autorização prévia.

A Arm pede a destruição de chips criados pela Nuvia que se basearam da arquitetura proprietária da companhia, além do ressarcimento pela violação de propriedade intelectual.

A Qualcomm comprou a Nuvia em 2021 por US$ 1,4 bilhão. Com o negócio, a gigante dos chips pretende ampliar sua participação no mercado de componentes para computadores e servidores utilizados em data centers. Tele.Síntese perguntou à Qualcomm a respeito do processo, mas até o fechamento deste texto não havia resposta.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado