Apple vai investir US$ 30 bilhões em produção nos EUA até 2022


O novo iPhone X, da Apple
O iPhone X, da Apple

A Apple, segunda maior fabricante de smartphones do mundo, promete investir ao menos US$ 30 bilhões em fábricas e lojas nos Estados Unidos, nos próximos cinco anos. Atualmente, a empresa produz a maioria dos aparelhos na China, mas não diz se pretende mudar essa situação.

O dinheiro é menos da metade do total que a empresa vai repatriar no período. A Apple aderiu a um programa de redução de impostos promovido pelo governo de Donald Trump, que oferece descontos a empresas que repatriem lucros no exterior. A Apple, que é o maior pagador de impostos dos Estados Unidos, prevê pagar US$ 38 bilhões em impostos sobre a movimentação financeira nos próximos anos somente com a repatriação, que deve alcançar US$ 75 bilhões.

Com os investimentos de US$ 30 bilhões, a Apple prevê criar 20 mil empregos diretos. Além dos escritórios e campus que já possui, planeja a construção de outro, criado para abrigar equipes de atendimento. A empresa tem hoje 84 mil empregados nos EUA.

PUBLICIDADE

A companhia afirma, ainda, que US$ 10 bilhões do total mencionado serão investidos na construção de data centers. E US$ 5 bilhões serão destinados a um fundo de manufatura avançada, que patrocina apenas iniciativas norte-americanas de fabricação inovadora. Outra parte do dinheiro, não especificada, será destinada a programas de educação em programação. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Intracom firma parceria com Furukawa com foco em 5G e IoT
Próximos Menos da metade das bibliotecas e museus brasileiros coloca acervos na internet