Apple mostra novidades do iOS 8 no WWDC


Empresa incorporou aplicativo que reúne dados de saúde do usuário e recursos de dispositivos Android, como controle por voz sem necessidade de encostar no aparelho. Anunciou, ainda, ferramenta para desenvolvimento de aplicativos de automação doméstica.

iPhone5s-5Up_Features_iOS8_2-PRINTNo primeiro dia da Worldwide Developer Conference, evento voltado aos programadores que trabalham com o ecossistema Apple, Tim Cook, CEO da empresa, apresentou as novidades do iOS 8. A nova versão do sistema operacional móvel da companhia poderá ser baixada nos celulares a partir do iPhone 4S e nos tablets a partir do iPad 2. A atualização estará disponível no segundo semestre, entre setembro em novembro, disse.

O sistema incorporou um novo aplicativo, chamado Health. O app é uma espécie de central da saúde do usuário, reunindo informações como a queima diária de calorias, horas de sono, batimentos cardíacos, além de armazenar e guardar dados de exames clínicos, horas de ingestão de medicamentos. Traz também uma cartela com informações básicas do usuário, do tipo de sangue às alergias a certos remédios. Todos esses dados serão coletados pelo celular, ou por dispositivos de terceiros criados para funcionar em conjunto com o iPhone.

PUBLICIDADE

A Apple acrescentou ao sistema a capacidade de acionar a Siri, assistente de voz, sem que seja necessário tocar no dispositivo. O usuário deve apenas enunciar “Hey, Siri” para controlar o celular ou tablet com a fala. O recurso foi apresentado em 2013 pelo Google, embarcado em aparelhos Android de última geração. No caso, o usuário fala “Ok, Google Now” para ligar o aparelho e comandar com a vox.

Também seguindo o que há no mercado, a Apple atualizará o app Messages, seu programa de mensagens instantâneas. O programa vai permitir a gravação e envio de mensagens sonoras. O funcionamento será idêntico ao do criado pelo WhatsApp, na segunda metade de 2013. O usuário precisa pressionar manter pressionado botão de microfone para gravar. Para ouvir as mensagens, basta encostar o telefone no ouvido. Agora também se tornou possível compartilhar vídeos, criar grupos de conversa e enviar sua localização para diferentes contatos.

O iOS 8 também sincronizará fotos entre diferentes dispositivos Apple (computadores com MacOS X, iPads e iPhones). A área de notificações foi reformulada, e permitirá responder a mensagens na tela de bloqueio. A tela de multitasking vai exibir os contatos acionados recentemente por mensagem, e-mail ou telefone. O teclado também ficou mais inteligente, predizendo textos conforme o contato. Sugerindo palavras mais formais para clientes, e mais informais para amigos e familiares, por exemplo. Tudo é feito com base no histórico de conversas, e sem compartilhamento dos dados com os provedores da Apple, garante a empresa. Além disso, os usuário poderão baixar outros teclados,se desejarem, da AppStore.

O sistema de busca também foi aperfeiçoado. Agora, além de buscar nos arquivos do dispositivo e na internet, o Spotlight contextualiza os dados, identifica a localização do usuário, e supões que tipo respostas o usuário procura. Por exemplo, filmes em cartaz se a busca for acionada em um local com cinema, ou horários de voo se num aeroporto.

De olho no uso corporativo (segundo Cook, 98% das 500 maiores empresas dos EUA têm profissionais que usam Apple), a empresa implantou sistemas de segurança, como criptografia dos contatos, calendário, lembretes, anotações e mensagens. Sempre que o dispositivo por reiniciado, será preciso fornecer uma senha de acesso. Também será possível acessar documentos em servidores corporativos.

Automação 

Também foram apresentadas, durante o WWDC, atualizações para a ferramenta de criação de aplicativos iOS. O novo SDK tem 4 mil recursos adicionais. E dois segmentos para criação de ferramentas de saúde e de automação doméstica, chamados HealthKit e HomeKit, respectivamente.

No primeiro caso, os desenvolvedores terão à mão ferramentas para fazer diferentes aplicativos de saúde e fitness conversarem entre si. No segundo, o já esperado HomeKit permitirá a criação de programas que usem dados de dispositivos M2M, com um protocolo específico de conexão. Também será integrado à Siri. Segundo a empresa, o usuário poderá dizer ao celular “Siri, estou indo dormir”, e o sistema vai apagar as luzes.

PUBLICIDADE
Anterior Primeiro celular com Tizen será lançado na Rússia
Próximos Após recusa de adiamento das discussões, teles e radiodifusores agora pedem calma à Anatel na condução do leilão do 4G.