Apple lança iPad Pro menor


ipad pro 10 pencil smartkeyboard apple tabletA Apple lançou hoje, 21, em São Francisco, nos Estados Unidos, uma nova versão de seu tablet voltado para o mercado profissional. O novo iPad Pro é menor que o primeiro modelo, de 2015, mas traz os mesmos componentes internos. A tela mede 9,7 polegadas. Segundo a fabricante, este é formato mais popular entre os consumidores de seus tablets.

Internamente, traz processado de 64 bits A9X, quatro saídas de som, câmera de 12 megapixels, 5 MP no caso da dianteira. O dispositivo é compatível com a caneta digitalizadora produzida pela empresa, a Apple Pencil, e com o teclado Smart Keyboard. Em conjunto com estes acessórios, a Apple acredita ter um equipamento concorrente à altura de notebooks tradicionais.

PUBLICIDADE

A empresa afirma que fez melhorias na tela Retina, que ficou 25% mais clara e 40% menos reflexiva que a encontrada no iPad Air 2, de 2014. O aparelho tem 6,1 mm de espessura. Nos modelos com conectividade móvel, é compatível com redes LTE.

A grande inovação deste modelo, porém, está no sistema de som. O aparelho tem quatro alto-falantes, que reproduzem som estéreo. O aparelho percebe a inclinação horizontal e vertical, através de sensores, e distribui o áudio automaticamente, passando a reconhecer trilhas Dolby Digital Plus em qualquer filme. É possível, inclusive, conectar o aparelhos a home-theaters usando o adaptador adequado.

O tablet vai custar US$ 599, sem impostos, nos Estados Unidos (32 GB e apenas com WiFi). Com conectividade móvel LTE, custará US$ 729. Haverá modelos com 32 Gb, 128 Gb e 256 Gb de armazenamento. Para efeito de comparação, o iPad Pro de 12,9 polegadas, lançado ano passado, mais barato custa US$ 799 sem taxas, lá fora. O tablet começa a ser vendido em 31 de março em 13 países, e no começo de abril em mais 47 países. A companhia não revelou quando pretende trazer o dispositivo para o Brasil.

ipad pro 10 cores apple ios

O evento contou também com lançamento de uma versão menor do iPhone, chamada SE, redução do preço do modelo mais simples do Watch, relógio inteligente da empresa, para US$ 299 sem impostos, e lançamento do Carekit, aplicativo que reúne prontuário médico de pacientes.

Anterior Novo iPhone da Apple é menor e mais barato
Próximos Venda de tablets no país cairá 29% em 2016