Aposta no aumento da produtividade dos satélites geoestacionários


A melhor maneira de promover a inclusão digital e reduzir o custo do bit é aumentando a produtividade dos satélites geoestacionários, acredita a Viasat. Segundo Bruno Henriques, diretor da empresa, 70% do tráfego que corre atualmente na internet é de vídeo, que não é uma aplicação sensível à baixa latência.

PUBLICIDADE
Anterior José María Álvarez-Pallete é reeleito diretor executivo da Telefónica
Próximos Identificação biométrica deveria ser banida, diz supervisor de privacidade da Europa