PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Infraestrutura

Após reabertura de edital, seis empresas são integradas ao consórcio da Infovia 00

TIM, Claro, V.tal, Ozônio, Você Telecom e HTM se juntam a outras seis empresas selecionadas no primeiro processo de adesão
Seis novas empresas são selecionadas para compor o consórcio da Infovia 00
Seis novas empresas passam a compor o consórcio da Infovia 00 (crédito: Divulgação RNP)

Com a reabertura do processo de adesão, seis novas empresas foram selecionadas para integrar o consórcio aberto do operador neutro da Infovia 00, informou o Ministério das Comunicações (MCom), nesta sexta-feira, 16.

Sendo assim, passam a constituir o consórcio organizado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) as operadoras e provedores TIM, Claro, V.tal, Ozônio, Você Telecom e HTM.

As empresas têm três meses para assinar os Termos de Cessão e iniciar as operações. Os contratos são válidos por 15 anos e podem ser renovados.

Os negócios recém-selecionados passam a integrar o consórcio ao lado de outras seis empresas que participam da exploração conjunta desde julho (Telefônica, Mobwire, BrDigital, ClickIP/ICOM Telecom, SEA Telecom e Aquamar).

A infovia 00, operacional desde junho, conecta as cidades de Macapá (AP) e Santarém (PA), com aberturas nos municípios paraenses de Almerim, Monte Alegre e Alenquer. São 770 km de cabos de fibra óptica subfluvial, com capacidade de levar internet de alta velocidade a aproximadamente 1 milhão de habitantes da região.

No primeiro trimestre de 2023, a infovia também chegará a Curuá (PA), ampliando a sua extensão em cerca de 60 km.

No caso do consórcio, as empresas, de forma compartilhada, podem manter e explorar comercialmente a infraestrutura de fibra óptica. Cada consorciada tem acesso a um par de fibra que suporta até 40 canais ópticos, cada um com capacidade de pelo menos 100 GB/s. O uso comercial pode ser feito por meio da venda de pacotes a usuários finais ou compartilhando a infraestrutura com outras companhias.

CONCORRÊNCIA

O MCom informou que, além das novas entrantes, a Easytech também foi qualificada na reabertura do processo de adesão. No entanto, apenas seis vagas tinham sido disponibilizadas, uma vez que as infovias têm 12 pares de fibras ópticas reservadas ao setor privado e seis já estão ocupados pelas empresas selecionadas no primeiro edital.

De todo modo, a Easytech, classificada em 7º lugar, poderá integrar o consórcio em caso de desistência de alguma das selecionadas.

“Muitas das cidades atendidas pelas infovias não têm acesso à fibra óptica. Agora, além de chegar o backhaul de fibras, também haverá competição entre as empresas. A expectativa é que a oferta de serviços que já está se iniciando com seis empresas aumente ainda mais com estas novas seis, com preços competitivos em relação aos praticados no resto do país”, avaliou o diretor de Projetos de Infraestrutura do MCom, Marcus Arrais.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado