Após prejuízo com smartphones, LG indica “erosão” dos preços


LG g5 smartphone módulo bateria
O G5, telefone modular da LG, anunciado em fevereiro

A LG divulgou hoje, 28, o resultado financeiro do grupo. A companhia faturou 65% mais no primeiro trimestre do ano, o equivalente a US$ 11,12 bilhões. A maior parte da receita veio de TVs e eletrodomésticos. A unidade de negócio de telefonia faturou US$ 2,46 bilhões, 15,5% menos que um ano atrás. Despachou 13,5 milhões de smartphones de janeiro a março, 12% menos que no mesmo trimestre de 2015.

O resultado foi um prejuízo para a divisão de US$ 168,2 milhões – enquanto a companhia como um todo apresentou lucro de US$ 420 milhões. O motivo para o prejuízo foi o alto investimento em marketing para o lançamento do G5, seu novo aparelho topo de linha.

A empresa afirma que o declínio mostra desaquecimento do mercado, ao mesmo tempo que os consumidores da marca adiaram as compras na expectativa do lançamento do G5. Admite que a competição em smartphones está mais acirrada, o que levará a erosão de preços do segmento. A expectativa da companhia é que o design modular do aparelho G5 melhores as margens e chame atenção de novos clientes para produtos de massa, como os modelos da linha X de celulares.

PUBLICIDADE
Anterior Receitas mundiais de apps devem dobrar até 2020, prevê consultoria.
Próximos Anatel vai criar grupo de trabalho com consumidor para regular banda larga