Ancine avisa: não vai permitir boicote aos canais brasileiros em HD


O presidente da Ancine, Manoel Rangel, disse hoje, 5, durante a ABTA, que a agência reguladora acompanha – e espera- que os programadores e operadores de TV paga se organizem para colocar em suas grades também os canais qualificados brasileiros em HD, da mesma forma como estão fazendo com os canais estrangeiros

O presidente da Ancine, Manoel Rangel, disse hoje, 5, durante a ABTA, que a agência reguladora acompanha – e espera- que os programadores e operadores de TV paga se organizem para colocar em suas grades também os canais qualificados brasileiros em HD, da mesma forma como estão fazendo com os canais estrangeiros. Mas salientou que a agência não vai aceitar desculpas, como por exemplo, problemas tecnológicos, para que o canal não seja carregado.

” A nossa opção é não regular isto, por ora, porque acreditamos que os conflitos eventuais que surgem terão ser resolvidos. Mas não há problemas tecnológicos para carregar esses canais, se alguém apresentar este argumento, é uma desculpa furada”, afirmou.

Conforme o executivo, a transição da transmissão dos sinais de SD para HD é um processo em curso, que depende das programadoras e das operadoras. Alguns canais qualificados brasileiros ainda tem a sua imagem em baixa resolução e a agência pretende acompanhar esta evolução.

PUBLICIDADE

Preço Vil

Rangel disse ainda,  que, embora a Ancine tenha suprimido da última regulamentação publicada  a intenção de inibir a prática do preço vil sobre a programação brasileira, o tema continua no radar do órgão regulador. “É preciso cuidar para que os canais brasileiros tenham uma remuneração adequada”, concluiu.

Anterior Crise não afasta TIM de sua estratégia, diz Abreu.
Próximos TIM quer reduzir custos em R$ 1 bi, até 2017