Anatel revê preço de faixa de 900 MHz da TIM


O conselho diretor da Anatel decidiu hoje,22, cobrar apenas o preço público  pela ocupação da faixa de 900 MHz na grande São Paulo pela TIM Celular, e não o preço mais alto que queria ser cobrado pela área técnica, tendo em vista que o seu uso é apenas temporário.

A TIM Celular recebeu uma outorga provisória da agência para ocupar a frequência de 912-915; 957-960 MHz na Grande São Paulo, tendo vista que o espectro que comprou na licitação para prestar o serviço de 3G sofria muita interferência. Esta banda estava desocupada temporariamente, porque era de propriedade da Unicel, que faliu.

PUBLICIDADE

A área técnica decidiu mandar cobrar por esta ocupação temporária o preço que teria sido cobrado no leilão, o que foi contestado pela operadora, pois ela está ocupando a faixa em caráter secundário, sem prioridade, e seus argumentos foram acatados pelo conselho diretor e pela procuradoria da Anatel.

 

PUBLICIDADE
Anterior Oi lança serviço de conteúdo humorístico no celular
Próximos ZTT inaugura fábrica de cabos ópticos em Alagoas