Concurso da Anatel: agência quer preencher 346 vagas


Anatel faz pedido para realizar concurso com 346 vagas
Crédito: Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) encaminhou ofício ao Ministério da Economia pedindo autorização para realizar novo concurso público para a agência, com a previsão de 346 vagas para o quadro de funcionários. A agência não abre novas vagas desde 2014. A realização do concurso agora depende do aval da Economia.

De acordo com a Anatel, a carência de pessoal atualmente corresponde a 352 servidores, o que equivale a 20% do quadro de pessoal. Para reduzir os impactos do déficit no quadro de pessoal, o documento enviado à Economia reforça a necessidade de se utilizar a Portaria Nº 282/2020, que dispões sobre a movimentação de servidores e empregados públicos federais para recompor a força de trabalho.

PUBLICIDADE

Ainda no ofício, o representante da agência ressaltou que desde que foi criada em 2005, a agência reguladora não preencheu o quadro de servidores em sua totalidade e que, no momento, é necessária a recomposição para suportar demandas de uma sociedade cada vez mais inserida no setor de telecomunicações.

Cargos e salários

Do total das vagas solicitadas, 191 são para cargos com exigência de ensino médio e 155 para cargos de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 15.516,12.

No caso de ensino médio, o pedido é para as seguintes carreiras:
• técnico administrativo – 102 vagas; e
• técnico em regulação de serviços públicos – 89

Para nível superior, a solicitação é para as seguintes carreiras:
• analista administrativo – 46 vagas; e
• especialista em regulação de serviços públicos de telecomunicações – 109

Para os técnicos administrativos, o salário inicial é de R$ 7.474,67 e para os técnicos em regulação, R$ 7.846,47, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458. No caso de analista administrativo, o inicial é de R$ 14.265,57, enquanto para os especialistas, é de R$ 15.516,12, já considerando os R$ 458.

Último concurso

A última seleção da Anatel ocorreu em 2014 e o certame foi organizado pelo Cespe (hoje conhecido como Cebraspe). Ao todo, foram ofertadas 100 vagas para os cargos de níveis médio e superior.

PUBLICIDADE
Anterior Consultas vão definir requisitos técnicos para cabos de redes
Próximos Grupo TIM confirma Labriola no posto de CEO