PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Desempenho

Anatel quer liberar outorgas de serviços de telecom em até 15 dias

A agência publicou hoje, 16, as metas institucionais para o período de um ano (até julho de 2024) que fazem parte do 15º Ciclo Avaliativo.
Metas institucionais Anatel. Crédito-Freepik
As novas metas valem por um ano Crédito-Freepik

A Anatel publicou hoje, 16, resolução que fixa os indicadores e as metas institucionais para o 15º Ciclo Avaliativo, que vai de 1º de agosto de 23 a 31 de julho de 24. Entre as metas está a que pretende publicar, em  até 15 dias, 90% dos atos de outorgas de serviços de telecom de interesse coletivo ou restrito, a partir da última manifestação do interessado no processo SEI da agência.

Além das outorgas de serviços, se propõe ainda em atender 88% dos pedidos de homologação de equipamentos em até 45 dias. E a responder no prazo 95% das solicitações feitas pelos usuários. Ainda, executar 100% das fases de elaboração de regulamentos dentro dos prazos propostos.

Em relação as ações de fiscalização, as metas são menos exigentes. A Anatel se propõe a “concluir no ciclo, no mínimo, 80% das ações de fiscalização previstas nos Planos Anuais de Atividades de Fiscalização com vencimento no ciclo”. Além disso, pretende instruir no prazo regimental 80% dos Pados com prazo vencendo no ciclo, “excluindo-se do limite de 180 dias os prazos que não dependem da atuação da agência”.

Contratos de compartilhamento de infraestrutura também passam a ter metas institucionais. A agência pretende analisar “100% da soma de 80% dos contratos de compartilhamento de infraestrutura submetidos à Anatel dentro do ciclo avaliativo, com a quantidade total de eventual passivo remanescente do ciclo anterior”.

Em relação à arrecadação, a Anatel se propõe ainda a “notificar 85% do quantitativo de débitos apurados e passíveis de notificação”.

Por que publicar o ciclo:

O Decreto 7.133/2010 regulamentou a sistemática de avaliação de desempenho institucional das Agências Reguladoras, dentre outros órgãos federais, estabelecida pela Lei nº 11.784/2008. As principais modificações foram:

  • Ciclos de Avaliação com duração de doze meses;
  • Desdobramento da avaliação institucional em metas globais, referentes à Agência como um todo, e metas intermediárias, referentes às equipes de trabalho;
  • Mensuração dos impactos da avaliação de desempenho na Gratificação de Desempenho por pontos, sendo até 80 pontos correspondentes à Avaliação Institucional e até 20 pontos, à Avaliação Individual.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado