Anatel pode regulamentar serviço dos Correios, se sair a privatização


Agência no Outeiro da Cruz em São Luís (MA) está na lista das que serão fechadas / Foto: Google Maps

O presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, admitiu hoje, 22, a possibilidade de agência reguladora cuidar da regulamentação do sistema nacional de serviço postal se os Correios forem privatizados após decisão do Executivo e aprovação do Congresso Nacional.

Morais fez o comentário ao saudar João Cadete Motta, presidente da Anacom, agência reguladora do setor de telecomunicações em Portugal, na abertura de debate sobre o desafio de regulamentação do 5G no Painel TeleBrasil 2020.

“A privatização dos Correios é um tema recorrente no Brasil. Por isso, se fala da possibilidade da Anatel, tal qual a Anacom, passar a ser responsável pela regulação do sistema nacional de serviços postais”, disse Morais. “Se for essa a decisão do Executivo e do legislador democrático, certamente teremos uma outra vertente de interlocução relacionada com a regulação desses serviços”.

PUBLICIDADE

Volta ao trabalho

A Direção da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares –
FENTECT, e seus Sindicatos filiados, reunidos virtualmente hoje, informaram que as entidades aprovaram o retorno ao trabalho, após greve iniciada no dia 18 de agosto.

Em nota, as entidades criticaram a decisão do Tribunal Superior do Trabalho, que deliberou pela retomada ao trabalho, aumento salarial e vigência de cláusulas do acordo coletivo. Afirmam que o governo Bolsonaro “virá com tudo para privatizar a empresa”. Por isso, afirmam que “precisamos reconstruir as nossas forças para defender nossa empresa e nossos empregos”.

Anterior Anatel: avanço do 5G em banda estendida pode levar ao ressarcimento dos satélites
Próximos MWC2021 é remarcado para final de junho devido à pandemia