Anatel muda variação da queda da tarifa de interconexão do celular


O conselho diretor da Anatel aprovou hoje mudança importante na graduação do pagamento da tarifa de interconexão entre as operados com poder de mercado (PMS) e as sem poder de mercado. Conforme as regras aprovadas anteriormente, a partir de fevereiro do próximo ano, a relação de pagamento da VU-M seria de 60% a 40% e partir de fevereiro de 2016 passaria a ser adotado o full billing (ou nenhuma empresa paga mais nada à outra para terminar sua chamada) . Em síntese, as pequenas empresas pagariam apenas 60% do valor da VU-M das grandes operadoras a partir do próximo ano, até que não haja mais esta vantagem para as empresas sem poder de mercado.

A partir da decisão de hoje, a Anatel ampliou o prazo para as operadoras sem poder de mercado  poder pagar menos pelas terminações de chamadas nas outras redes.

Agora, os escalonamento ficou assim:

Atualmente, ele é 80% 20%.
A partir de 24/02 de 2015  a 23/02/2016: será 75%/25%
De 2016 a 2017: 65%/35%
De 2017 a 2018: ser[a de 55%/45%
de 2018 a 2019 – 50% a 50%
A partir de 24 de fevereiro de 2019 será full billing.

Anterior Apple e IBM lançam primeiro app corporativo desenvolvido em conjunto
Próximos Indústria de telecom quer impedir reclassificação da banda larga, nos EUA