Anatel deve analisar proposta da Telecom Italia na semana que vem


A Anatel já recebeu a solicitação da Telecom Italia para a transferência dos 38% de ações que detém na Solpart (holding que controla a Brasil Telecom) para uma nova companhia (Newco), cuja administração foi entregue a um fundo (trust) constituído sob leis inglesas e que terá como gestor o banco Credit Suisse. A previsão é de que …

A Anatel já recebeu a solicitação da Telecom Italia para a transferência dos 38% de ações que detém na Solpart (holding que controla a Brasil Telecom) para uma nova companhia (Newco), cuja administração foi entregue a um fundo (trust) constituído sob leis inglesas e que terá como gestor o banco Credit Suisse. A previsão é de que o Conselho Diretor da agência analise o pedido em sua próxima reunião, no dia 18. 

A transferência das ações da Telecom Italia para um fundo, se aprovada pela Anatel, soluciona o problema de sobreposição de licenças móveis e de longa distância entre a TIM e a Brasil Telecom. A legislação de telecomunicações impede que duas empresas, que tenham o mesmo acionista em seus respectivos blocos de controle, prestem os mesmos serviços. A Anatel deu um prazo até 28 de outubro para que a sobreposição das licenças acabasse e, agora, a própria agência tem pressa em analisar a proposta apresenta pela companhia italiana.

Ministro

PUBLICIDADE

Hoje, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, comentou que gostaria que as ações que serão colocadas à venda pela Telecom Italia fossem compradas por uma empresa brasileira. O ministro disse que tem acompanhado a negociação. "Não tenho como interferir, mas gostaria de ver isso (as ações) passar para mãos brasilerias", destacou Costa. O grupo Algar, do empresário Luiz Alberto Garcia, controlador da CTBC, já manifestou interesse em comprar a participação da Telecom Italia na Brasil Telecom.

Anterior TV digital: Ministério pede desoneração de ICMS para equipamentos sem similar nacional.
Próximos Hélio Costa ajudará no 2º turno sem se afastar do cargo